Herpangina: o que é e como tratar?
A herpangina é uma doença simples, que se cura sozinha em poucos dias. O importante é aliviar os sintomas e o desconforto da pessoa acometida.
A herpangina é uma doença simples, que se cura sozinha em poucos dias. O importante é aliviar os sintomas e o desconforto da pessoa acometida.

Publicador de Conteúdos e Mídias

O que é herpangina e como tratar?

A herpangina é uma doença comum que afeta a saúde bucal de crianças, mas pode também acometer adolescentes e adultos. Para saber mais sobre esse problema, continue lendo. 

18/11/2022

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

O verão está chegando e é hora de ficar alerta. Nessa época do ano é comum surgirem casos de herpangina. Bolhas pequenas na boca que estouram e dão lugar para feridas dolorosas podem ser sinal de contaminação com a doença. Mais comum em crianças, mas ainda capaz de infectar adultos e adolescentes, a dor por conta das feridas pode fazer com que os doentes tenham dificuldade para comer e até mesmo beber água. Nós do Sorrisologia preparamos uma matéria explicando o que é herpangina e como tratá-la. Continue lendo para saber mais.

O que é a herpangina?

Segunda artigo publicado na revista Archives of Oral Research, a herpangina é uma doença bucal causada pelo vírus Coxsackie tipo A. Ela causa bolhas menores que aftas na mucosa do céu da boca, úvula e garganta, que quando estouram causam dor e manchas brancas. Além disso, os sintomas também incluem, febre que dura de um a quatro dias; garganta irritada; ínguas na região do pescoço; sialorréia (excesso de saliva); e diarréia. A transmissão da doença acontece através de gotículas de saliva (através de espirros e tosse ou pelo compartilhamento de escovas de dente, copos, pratos e talheres de pessoas com a doença) ou pelo contato com fezes contaminadas. Durante a primeira semana de contaminação, a doença fica incubada, ou seja, não causa sintomas perceptíveis, o que propicia transmissão para outras pessoas. 

A herpangina também é confundida com a febre aftosa. As duas são causadas pelo mesmo tipo de vírus e possuem sintomas parecidos: pequenas bolhas na boca que se rompem e causam machucados dolorosos. A diferença é que a febre aftosa também pode causar machucados nas mãos e pés, além de irritação na pele coberta pelas fraldas. 

Como diagnosticar e tratar herpangina?

A melhor maneira de saber se o seu filho está com herpangina ou não é procurando ajuda médica. Somente um profissional saberá identificar a doença e diferenciá-la de outras com os mesmos sintomas. Não é possível acelerar o processo da doença e a eliminação do vírus. O que se pode fazer é aliviar os sintomas para que o processo siga seu curso natural e o corpo consiga vencer o vírus sozinho. É muito comum, por exemplo, a criança com herpangina ficar desidratada por conta da dor ao beber água. Por isso, é importante reforçar a hidratação para evitar maiores problemas. A melhor estratégia nesse caso é beber pequenas quantidades de água várias vezes ao dia, evitando a desidratação e o aumento da dor. Analgésicos comuns também ajudam a trazer conforto, além de combaterem possíveis picos de febre que podem acontecer. 

Meu filho está com herpangina, preciso ir ao hospital?

Não é comum a herpangina evoluir para um caso mais sério, podendo ser tratada em casa sem maiores complicações. Mas é importante ficar atento a alguns detalhes. Caso a criança comece a apresentar dificuldade para respirar, ritmo cardíaco aumentado, vômito ou estiver com muito cansaço sem motivo aparente, é necessário levá-la para um hospital. 

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias