Herpes labial: dicas para prevenção e tratamento
O herpes labial é uma doença muito comum e que costuma se manifestar principalmente no verão ou em situações de estresse. Saiba como lidar com as crises a seguir
O herpes labial é uma doença muito comum e que costuma se manifestar principalmente no verão ou em situações de estresse. Saiba como lidar com as crises a seguir

Publicador de Conteúdos e Mídias

Saiba mais sobre herpes labial: causas e os fatores de risco

Dicas práticas para combater e aliviar o herpes labial. Saiba como prevenir e tratar eficazmente.

19/01/2016

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

O herpes labial é resultado de uma infecção viral, frequentemente manifestando-se em forma de pequenas bolhas nos lábios, boca ou gengiva. 

Embora não haja uma cura definitiva para esta condição, é possível adotar medidas preventivas eficazes. 

Para entender melhor e saber como minimizar seu aparecimento, acompanhe as orientações da dermatologista Maria Fernanda Gavazzoni.

 

Causas do herpes labial

 

O herpes labial tem origem no Herpes simplex vírus e é transmitido através do contato com superfícies infectadas ou com pessoas que apresentam a lesão. 

Este vírus pode permanecer inativo no corpo e ressurgir em momentos onde a imunidade estiver mais baixa

Situações como exposição prolongada ao sol, estresse ou noites mal dormidas são gatilhos potenciais para sua manifestação. Maria Fernanda esclarece que, uma vez infectado, o vírus fica conosco. 

 

Reconhecendo os sinais claros do herpes labial

 

Quando o herpes labial surge, suas manifestações são claras: pequenas bolhas, que lembram feridas e geralmente causam ardência ou coceira no local. 

Embora o episódio possa durar de uma a duas semanas, é crucial iniciar o tratamento logo nos primeiros sinais. 

 

O papel dos alimentos industrializados nas feridas bucais

 

Os alimentos industrializados, ricos em conservantes e substâncias químicas, podem influenciar no surgimento de feridas bucais. 

Seu consumo excessivo pode não só afetar a saúde geral, mas também tornar o ambiente oral mais propício para o aparecimento dessas lesões. 

Optar por uma dieta mais natural e equilibrada é um passo essencial para manter a saúde bucal em dia.

 

Como prevenir o Herpes Labial 

 

Embora o herpes labial não tenha cura, podemos controlar e conviver com a condição. 

Após o vírus se estabelecer no organismo, ele pode se manifestar esporadicamente por diversos fatores, tais como: 

  • Exposição ao Sol e HSV-1: os raios ultravioletas, especialmente com exposição excessiva ao sol, podem reativar o vírus HSV-1.
  • Proteção no verão: no verão, proteja-se mais! Use protetor solar no rosto e um bálsamo labial com proteção UV.
  • Higiene bucal: mantenha sempre uma higiene bucal rigorosa.

 

Prevenção do Herpes Labial

 

Devido à natureza contagiosa do herpes labial, a prevenção é tão importante quanto o cuidado durante o tratamento. Então:  

  • Evite o compartilhamento de objetos pessoais;
  • Durante os surtos, abstenha-se de beijar;
  • Utilize preservativos em todas as relações sexuais;
  • Lave as mãos frequentemente, especialmente após tocar a área afetada;
  • Priorize a higiene do ambiente para evitar complicações adicionais.

 

Ao seguir esses cuidados, você mantém sua saúde bucal longe de qualquer infecção que possa causar o herpes labial. 

 

Você utiliza os itens de higiene bucal certos para cuidar do seu sorriso? Faça o nosso teste para descobrir!

Este artigo tem a contribuição do especialista:

Maria Fernanda Gavazzoni - Dermatologista
Niterói - RJ
CRM: 52518882
 

Originalmente publicada em 19/01/2016
Atualizada em 30/11/2023

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias