13.05.2022

7 dicas para melhorar sua saúde bucal

Para melhorar a saúde bucal, a dentista Cecilia Maria Costa destaca a importância de usar uma escova de cerdas macias e de lavar a língua diariamente
Para melhorar a saúde bucal, a dentista Cecilia Maria Costa destaca a importância de usar uma escova de cerdas macias e de lavar a língua diariamente

Passar fio-dental, escovar os dentes, usar enxaguante bucal, ter cuidados com a alimentação… São muitos os pontos que afetam diretamente a nossa saúde oral. Por isso, listar os hábitos que devem ser seguidos - e também evitados - é muito importante para prevenir cáries, tártaro e outros problemas bucais. Para explorar mais esse assunto, o Sorrisologia conversou com a dentista Cecília Maria Costa, que deu 7 dicas imprescindíveis para melhorar a sua saúde bucal. Confira!

1. Limpar a língua é fundamental: faça uma raspagem diariamente

Você sabia que limpar a língua diariamente é um dos cuidados bucais mais importantes? De acordo com a dentista, a superfície da língua tem uma forte tendência de acumular placa bacteriana. Por isso, a sua higienização é tão necessária. “O ideal é fazer uma raspagem na língua diariamente para remover toda a placa bacteriana local, usando um raspador de língua ou a própria escova”, recomenda a especialista. 

2. Passe fio-dental sempre após as refeições

Incluir o fio-dental na rotina de higiene bucal é outro passo importante para evitar inflamações e acúmulo de tártaro. De acordo com a Dra. Costa, limpar bem o espaço entre os dentes - e, principalmente, a interseção com a gengiva - é um hábito indispensável. “O correto é usar o fio-dental após todas as refeições. Se vai ser antes ou depois da escovação, pode variar e não faz grande diferença. O certo é passar o fio-dental de forma que penetre a gengiva e remova toda a placa ‘escondida’ por debaixo dela”, orienta a profissional.

3. Use o enxaguante bucal indicado pelo seu dentista

Embora não seja obrigatório para a sua rotina de higiene oral, o enxaguante bucal é um produto que tende a trazer vários benefícios - garante frescor, combate o mau hálito e ajuda a eliminar bactérias. De acordo com a dentista, no entanto, o uso frequente deve ser orientado por um profissional especializado. “O enxaguante bucal comum é um complemento para a escovação, deve ser usado após o fio-dental e a escovação. Na realidade, o correto é o cirurgião-dentista indicar e supervisionar o uso”, explica.

4. Saúde da gengiva: tome cuidados com a escovação

As  doenças periodontais - que afetam a gengiva, causando dores e inflamações - podem ser evitadas com alguns cuidados, sabia? De acordo com a dentista, seguir hábitos de higiene e escolher bem o tipo de escova de dentes são pontos cruciais para preservar a saúde da gengiva.“O certo é usar o fio-dental todos os dias após as escovações e não utilizar escovas duras”, recomenda a profissional. Uma boa dica, inclusive, é consultar o seu dentista para escolher a escova que melhor atenda às suas particularidades.

5. Evite alimentos muito ácidos para preservar os dentes

Ter uma boa higiene não é o único ponto importante para a saúde bucal. Seguir certos hábitos alimentares, de acordo com a dentista, é fundamental para preservar os dentes - principalmente no caso de quem está realizando tratamentos odontológicos, como clareamento. “É indicado evitar alimentos muito ácidos, pois podem causar sensibilidade e aumentar a chance de manchamento dos dentes”, orienta a Dra. Costa.

6. Aposte na escova de cerdas macias

De acordo com a dentista, existem tipos de escovas mais capazes de remover placas bacterianas, principalmente na área próxima à gengiva. Por isso, atentar ao tipo das cerdas é uma dica importante. “A melhor opção é utilizar escovas macias com cerdas finas que consigam atingir por baixo da gengiva sem machucar, apenas limpando a área para remover placas”, afirma a especialista.

7. Vá ao dentista ao menos 2 vezes por ano

Procurar o dentista apenas em situações emergenciais - para tratar dor de dente, gengiva inflamada e outros problemas bucais - é um erro bastante comum. De acordo com a Dra. Costa, criar o hábito de fazer um check-up odontológico regularmente é uma medida preventiva crucial para a saúde da boca. “É recomendado que o paciente frequente o dentista no mínimo duas vezes ao ano para acompanhar a higienização, possíveis cáries e prevenções de doenças bucais que possam aparecer antes de apresentar sintomas”, finaliza a profissional.


Tags:

higiene bucal escova de dente saúde bucal dentes gengiva fio dental produtos de higiene bucal enxaguante

Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal