07.07.2021

Ausência de cálcio nos dentes: como identificar?

Entenda a importância do cálcio para saúde bucal e as consequências da ausência desse nutriente
Entenda a importância do cálcio para saúde bucal e as consequências da ausência desse nutriente

Você sabia que o cálcio é um nutriente essencial para manter a saúde dos seus dentes? Sim, isso mesmo! Além de garantir o funcionamento de outras partes do organismo, ele participa ativamente na formação, no crescimento e até mesmo na manutenção dos dentes e dos ossos. Apesar do mineral estar presente em alimentos comuns em nossas refeições, não é difícil encontrar pacientes que sofrem com o déficit de cálcio. Nesse caso, existem alguns sinais que podem servir de alerta para a necessidade de reposição desse nutriente. Quer saber quais são? O Sorrisologia te conta! Confira, a seguir, os principais sintomas que indicam falta de cálcio nos dentes.

Entenda a importância do cálcio para saúde dos dentes

De maneira geral, o cálcio é um nutriente fundamental para a formação e o crescimento dos ossos na infância até a adolescência - fase em que esse processo tende a ser concluído. Além disso, ele é o responsável pela acúmulo e mineralização do esmalte na coroa dental no período de crescimento dos dentes.

Apesar de não apresentar nenhum sintoma específico na fase inicial, a falta de cálcio no organismo pode provocar a debilidade dos ossos, problemas nos dentes e até mesmo palpitações cardíacas à medida que a condição avança. Sendo assim, é preciso ter em mente que observar os dentes e manter consultas periódicas ao dentista é a principal maneira de perceber se essa substância está em carência nas estruturas dentárias.

Falta de cálcio nos dentes: cárie e dormência na boca podem indicar a presença do problema

Depois de descobrir os riscos que a falta de cálcio pode trazer para sua saúde bucal, você deve estar se perguntando como é possível identificar esse quadro, certo? Embora os sintomas não sejam tão perceptíveis no início, existem alguns sinais que podem indicar o déficit do nutriente. Veja, a seguir, os principais deles:

- Cárie;
- Dormência nos lábios e na boca;
- Dores nas articulações;
- Manchas nos dentes;
- Dificuldade para engolir ou mastigar;
- Sintomas de osteoporose, como dor nas costas e coluna curvada;
- Unhas fracas e quebradiças.

Saiba como ajudar na reposição de cálcio e garantir a sua saúde bucal

Ao contrário do que muitos pensam, não é possível fazer a reposição do cálcio nos dentes. No entanto, isso não é motivo para preocupação, já que existem outras maneiras de manter elevado o nível desse mineral na cavidade oral. Manter uma alimentação equilibrada e saudável, por exemplo, é a principal entre elas. Isso porque o cálcio pode ser encontrado em grande quantidade em alguns dos alimentos comuns, como leite, brócolis, aveia e linhaça. Também lembre de tomar sol e ingerir alimentos ricos em vitamina D, que ajuda a fixar o cálcio nos ossos e dentes. 

Outra dica importante é investir em uma boa rotina de higiene bucal com o uso de pasta de dentes com flúor, que ajuda na reposição através de um fluoreto derivado do cálcio presente em sua composição. Além disso, é recomendado evitar o uso excessivo de creme dental com ativo clareador, como o carvão ativado, que tendem a favorecer a porosidade dos dentes, o que contribui para a desmineralização.


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal