Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca

12.11.2020

Afta nos lábios ou herpes labial: saiba como diferenciar essas duas lesões na boca

Entenda as características de cada uma dessas lesões que aparecem nos lábios
Entenda as características de cada uma dessas lesões que aparecem nos lábios

Se você já teve uma afta na boca, sabe muito bem a sensação de desconforto que dá ao falar, comer ou beber alguma coisa bem ácida, como um suco de abacaxi, por exemplo. Essas pequenas bolinhas podem aparecer no interior da boca ou na região dos lábios e, em alguns casos, acabam sendo confundidas com o vírus do herpes. Mas como saber identificar esses dois problemas? O Sorrisologia entrevistou a dentista Daniele Machado que revelou a diferença entre a afta e o herpes labial. 

O que é afta?

De acordo com a profissional, aftas são lesões não infecciosas que surgem na parte interna da boca como a língua, bochechas ou interior dos lábios. "Essas feridas tem uma cobertura úmida e são brancas ou amareladas no topo da ferida e, em alguns casos, o entorno fica avermelhado", explicou. Além disso, vale ressaltar que a afta não é contagiosa. Então, não se preocupe!

O que é o herpes labial?

Já o herpes é uma doença contagiosa e infecciosa, causada por um vírus, o HSV-1. "Ela se manifesta através de lesões, que são pequenas bolhas. Essas feridas dolorosas, normalmente surgem na parte externa da boca, ou seja, nos lábios", atentou Daniele. 

Afta nos lábios e herpes labial: entenda a diferença, sintomas e aparência de cada lesão

Afta: surgem dentro a boca e em tecidos moles, diferente da herpes, que costuma surgir nos lábios ou ao redor deles, e são pequenas bolhas agrupadas que estouram depois de alguns dias, drenam líquido e formam crostas. "A afta é um pequeno circulo com o topo branco, e às vezes pode ter uma vermelhidão ao redor", detalhou.

Herpes: além da sensação de queimação, o herpes começa a formar feridas mais dolorosas nos lábios ou até mesmo na gengiva, língua e garganta. "É possível sentir febre, dor ao engolir, o local onde a ferida vai se formar começa a ficar inchado, gerando dor de cabeça e náusea em alguns casos. Diferente da afta, esses sintomas duram até mais de uma semana", atentou.

Como tratar o herpes labial e a afta nos lábios?

Para cada um desses problemas, existe um tratamento que ajuda a aliviar os sintomas e amenizar os incômodos das lesões. A dentista revela os principais cuidados: "As aftas são simples se serem tratadas, basta manter uma higiene bucal regular e evitar alimentos ácidos ou apimentados, que podem causar dor no local. Já o herpes, por ser uma doença contagiosa e infecciosa, dependendo da gravidade, o dentista pode prescrever medicamentos antivirais e remédios locais que aliviam a dor".

Esse artigo contou com a participação de:

Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal Fluminense e mestranda em prótese na Faculdade São Leopoldo Mandic Campinas. Ela é uma profissional com ampla experiência no atendimento clínico, planejamento e execução de reabilitações orais e estéticas, inclusive implantes.


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal