12.05.2016

Veja como alimentos saudáveis podem acabar com os sintomas da TPM

A gente sabe que a vontade de comer doces durante a TPM aumenta, né? Mas inclua alimentos cítricos como laranja e limão para ajudar o corpo a liberar líquidos.
A gente sabe que a vontade de comer doces durante a TPM aumenta, né? Mas inclua alimentos cítricos como laranja e limão para ajudar o corpo a liberar líquidos.

Quem sofre com as alterações no corpo e na mente que a Tensão pré-menstrual - ou simplesmente TPM - causa sabe que esse momento é bem delicado e está sempre em busca de formas para aliviar o problema. Na saúde bucal o período antes da menstruação pode ocasionar até o mau hálito. Convidamos a nutricionista Caroline Codonho para explicar como a alimentação correta pode ajudar a combater os sintomas da TPM, já que atrapalham tanto o dia a dia das mulheres.

Alimentação e TPM

Pode parecer que não, mas o que você come influencia bastante nos efeitos da TPM. A síndrome é caracterizada por um desequilíbrio hormonal e um plano alimentar adequado e equilibrado pode ajudar a minimizar os seus sintomas. "É bom incluir alimentos que reduzam os edemas, que melhorem a circulação ou que reduzam a compulsão por doces", explica a nutricionista.

Mudança de hábitos

Ao menos no período que antecede a menstruação é importante você evitar alguns hábitos. Caroline afirma que os alimentos ricos em açúcar e gordura, como chocolate e frituras, são os preferidos das mulheres durante essa fase. "Nesta época, as mulheres costumam ficar desesperadas por doces e com isso muitas vezes ganham peso, além da retenção de líquidos". Sem contar que você pode batalhar nas outras três semanas para perder o que ganhou, entrando em um ciclo vicioso de efeito sanfona, o que desequilibra muito a saúde de maneira geral, segundo Caroline. Ou seja, a situação tende a se agravar e só será ruim para você, né?

O que incluir?

A liberação de líquidos, como através da urina, é bom para ajudar na redução de edemas. Dessa forma, você pode incluir alimentos cítricos, como limão, tangerina e laranja, como conta a especialista. Como os apetitosos doces não são bem-vindos nesse período, Caroline indica consumir alimentos que reduzam essa vontade, como por exemplo, a banana e canela. Já para auxiliar a circulação sanguínea aposte no gengibre e na infusão de centella asiática (planta com propriedades vasodilatadores).

Outros cuidados

Além de práticas mais saudáveis e conscientes em relação à alimentação, Caroline deu mais algumas dicas de cuidados para esse período tão temido das mulheres. "Caprichar na ingestão de líquidos, principalmente água, manter horários regulares para as refeições e apostar no consumo de frutas, verduras e legumes de baixo índice glicêmico". Lembre-se sempre de realizar consultas regulares ao seu ginecologista e procure um nutricionista para indicar uma dieta adequada às suas necessidades.


TODAS AS MATÉRIAS: alimentação