18.10.2021

Prótese dentária pode deixar gengiva escura?

Descubra as causas de gengivas escuras e tratamento para reverter o quadro
Descubra as causas de gengivas escuras e tratamento para reverter o quadro

A gengiva escura é uma condição que pode estar relacionada ao uso de próteses dentárias. Normalmente, o quadro é causado pelo contato do metal da coroa protética com o tecido gengival, levando ao surgimento de uma mancha escura ao redor do dente. O escurecimento da gengiva devido ao uso de próteses dentárias ainda pode estar associado a uma retração gengival ou inflamação local. Por isso, o aparecimento de qualquer mancha incomum na gengiva deve ser investigado com muito cuidado e atenção. Para esclarecer todas as dúvidas sobre o assunto, conversamos com a dentista Caroline Malavasi para saber como a prótese dentária pode deixar a gengiva escura e quais são os possíveis tratamentos.

Gengiva escura: o que pode ser?

A gengiva escura ao redor do dente ocorre quando há uma hiperpigmentação no tecido gengival. De acordo com a Dra. Caroline, o quadro não é normal, mas pode acontecer por diversos fatores. Portanto, o escurecimento gengival deve sempre ser analisado por um dentista. “Quando associados às próteses dentárias, as principais causas são o tipo de material escolhido e as desadaptações marginais deles, como contorno da gengiva e material exposto. Isso ocorre com as metalomecânicas, que possuem infraestrutura metálica, e com as próteses de metal puro”, explica. 
 
Segundo a dentista, em alguns casos, o metal da prótese mancha o tecido gengival, que como efeito, adota um tom mais acinzentado. Normalmente, o escurecimento é resultado do desprendimento de partículas de metal que fixam na gengiva, deixando a área mais escura. Contudo, também existem situações em que a gengiva é muito fina e acaba deixando a borda da prótese mais visível. “Nos casos de desadaptações, o escurecimento é na verdade uma “linha” de material que pode ficar exposta, prejudicando a estética do sorriso. Também podemos observar esse fato em pacientes com retrações gengivais”, comenta a especialista.
 
A retração da gengiva é outra causa comum para o escurecimento da gengiva. Quando o tecido gengival é menor, a raiz do dente fica mais exposta, deixando a região mais sensibilizada. Quando isso acontece, a gengiva tende a ficar mais vulnerável a inflamações e infecções que podem desencadear uma hiperpigmentação na área. O mesmo acontece quando a prótese dentária é colocada de forma inadequada. Nesse caso, o atrito das bordas da prótese com a gengiva resulta em uma inflamação e retrações gengivais, levando ao escurecimento local. 

Tratamento para mancha escura na gengiva varia conforme a causa

A Dra. Carolina enfatiza que o diagnóstico correto da gengiva escura é muito importante para descartar outras doenças bucais. “O escurecimento da gengiva deve ser cuidadosamente analisado, pois pode ser oriundo de outros fatores, até mesmo  de tumores”. A dentista afirma que, uma vez constatada que a mancha na gengiva é oriunda da prótese dentária, o paciente deve investir em um tratamento adequado, pois dependendo da causa, o escurecimento oferece riscos à saúde dos dentes. “Cada situação deve ser cuidadosamente estudada para que a origem de cada caso seja devidamente analisada. A correta indicação de tratamento irá depender disso”.
 
O tratamento para gengiva escura é individualizado e feito de acordo com a causa e nível de gravidade. “Para coroas desadaptadas, com uma “linha” de material exposta, é necessária a realização de uma nova prótese. Quando possível, recomendamos uma cerâmica pura, para evitar que ocorra algum manchamento oriundo do material”, afirma. Já para casos de retração da gengiva, a dentista comenta que o enxerto gengival pode ser indicado. O procedimento é feito com uma cirurgia que envolve a remoção de um pedaço de tecido do palato e o transplante para a região da gengiva. “Em casos os quais existe um manchamento suave, um ‘peeling gengival’ pode ser realizado. O peeling apresenta baixa previsibilidade e não é indicado quando observamos gengivas acinzentadas e intensamente escurecidas”, cita. 

Como prevenir a gengiva escura com uso de prótese dentária?

A Dra. Carolina ressalta que pessoas com implante de próteses devem ter uma atenção redobrada com a saúde bucal. “A melhor maneira é fazer a manutenção da saúde bucal com visitas periódicas ao dentista. Todo agravamento de quadro pode ser evitado visitando seu dentista regularmente. E para isso, o ideal é que uma profilaxia seja realizada a cada 6 meses”. 
 
Portanto, a recomendação é manter uma boa limpeza diária com uso de escovas com cerdas macias. Os movimentos durante a escovação devem ser feitos com sem força para não agredir a gengiva. Outro cuidado é estar sempre atento ao surgimento de manchas incomuns nas gengivas e dentes. Caso note algo suspeito, não hesite em procurar um dentista. Quanto mais cedo o quadro for identificado, mais fácil será o tratamento.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Caroline Malavasi - Especialista em Ortodontia e mestre em Dentística pela Universidade Federal Fluminense, com consultório na Barra da Tijuca (RJ)
Rio de Janeiro - RJ

Redação por: Joanna Dark.


Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: gengiva