Prontuário eletrônico é melhor do que o tradicional? Conheça os benefícios dessa tecnologia para a odontologia

25.02.2021

Prontuário eletrônico é melhor do que o tradicional? Conheça os benefícios dessa tecnologia para a odontologia

Conheça as vantagens em usar o prontuário eletrônico no consultório dentário
Conheça as vantagens em usar o prontuário eletrônico no consultório dentário

Seja para tratar uma dor de dente em casa, sangramento na gengiva, herpes labial ou auxiliar uma criança a remover um dente de leite, o dentista é o profissional que pode te ajudar em todos esses casos! Para facilitar a rotina desse profissional da saúde bucal, a tecnologia é uma grande aliada nos consultórios odontológicos. Uma solução importante que vem sendo muito adotada pelos especialistas é o uso do prontuário eletrônico. Será que esse recurso é melhor comparado com o tradicional? O Sorrisologia entrevistou a dentista Uila Ramos, que explicou os benefícios dessa ferramenta. 

Como funciona o prontuário eletrônico na odontologia?

O prontuário eletrônico é um documento digital armazenado em uma “nuvem” (armazenamento de arquivos em um HD virtual acessado pela internet). De acordo com a Uila, ele guarda informações através de uma anamnese feita pelo dentista, que consiste em: "Um questionário de saúde geral e odontológica, o histórico do paciente, dados obtidos através de exame clínico, planejamento do tratamento odontológico, registro do odontograma (que é um recurso para identificação do paciente e do seu estado de saúde bucal), bem como a evolução do tratamento", esclareceu.

Conheça as vantagens e desvantagens do prontuário eletrônico para o odontologista

Dentre as vantagens em usar um prontuário digital está o seu armazenamento que é todo salvo na “nuvem”, a fim de preservar e resguardar as informações dos pacientes de forma segura, evitando-se o risco de perdas ou danos. "Além disso, é possível reduzir o consumo de papel e ter mais espaço físico no consultório. Outras vantagens incluem: agilidade no preenchimento e acesso facilitado pelo notebook, celular e tablet". Você consegue ver o planejamento do seu implante dentário em um só clique!

A especialista ainda ressalta que é papel do cirurgião-dentista registrar e manter as informações dos pacientes sempre atualizadas no prontuário odontológico: "Este é um documento de importante valor legal e que pode ser solicitado pela justiça para fins de perícia, identificação odontolegal e outras finalidades".

Como desvantagens, Uila apontou a dificuldade de migrar do prontuário tradicional (volume de dados e tempo necessário para digitalizar as informações) para o digital. "Existem profissionais resistentes à mudança, que dependem da internet para acessar (em uma eventual falha na rede, complica) e, dependendo do ponto vista, precisa de um maior investimento financeiro para ter acesso a este modelo", esclareceu.

Quais são os desafios para a implantação do prontuário eletrônico?

A dentista explica que tudo vai depender muito da preferência pessoal de cada profissional, da sua disponibilidade para migrar para o prontuário eletrônico e do investimento financeiro necessário para instituir esta modalidade de documento no consultório. É preciso estabelecer uma adaptação do cirurgião-dentista e de sua clínica para esta rotina de trabalho.

O prontuário eletrônico é melhor do que o tradicional?

Sim! "A maior vantagem do prontuário eletrônico consiste na segurança oferecida pelo armazenamento digital, devido à responsabilidade do cirurgião-dentista em preservar todas as informações do paciente, seu histórico de tratamento e demais detalhes", explicou Uila. Este tipo de documento vem ganhando maior adesão dos profissionais por facilitar a prática diária e resolver um problema logístico: o espaço físico do consultório pode ser otimizado com esta modalidade.

Este artigo contou com a participação de:

Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Cirurgiã-Dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, Ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal