21.07.2022

Clareamento dental: qualquer dentista pode fazer?

Todo dentista é qualificado para realizar o clareamento dental caseiro ou em consultório
Todo dentista é qualificado para realizar o clareamento dental caseiro ou em consultório

Muitos incômodos com a aparência do sorriso podem ser amenizados com o clareamento dental. O procedimento é indicado para remover manchas e clarear os dentes amarelados e pode ser realizado no consultório ou em casa. Ambas as técnicas são seguras e proporcionam bons resultados, desde que sejam realizadas sob a supervisão de um profissional capacitado. Se você não sabe qual especialista buscar e ainda têm dúvidas se qualquer dentista pode fazer o clareamento dental, continue com a gente! O Sorrisologia esclarece essa questão a seguir.

Todo dentista é qualificado para fazer o clareamento dental

O clareamento dental caseiro consiste na aplicação de uma substância clareadora em uma moldeira feita sob medida para o paciente. Já o clareamento dental a laser é realizado em consultório, mas parte do mesmo princípio: um produto é aplicado sobre os dentes do indivíduo para “quebrar” as moléculas pigmentadas e deixá-los mais brancos. A diferença é que, neste caso, o laser acelera a reação química do gel clareador. Tanto um quanto outro podem ser feitos por qualquer dentista. 
 
“Clínicos gerais são habilitados para realizar o tratamento de clareamento dental. Não existe um especialista em clareamento dental, ou seja, dentistas com especializações diferentes podem realizar o procedimento. Entretanto, o ideal é buscar por um profissional que tenha experiência no campo estético”, afirma a dentista Priscila Almeida, com quem conversamos sobre o assunto.

Clareamento dental deve ser indicado pelo dentista após uma avaliação do seu sorriso

Notar os dentes amarelados e com manchas não é o suficiente para dar início ao clareamento dental. Antes, você deve ter certeza de que o seu sorriso está saudável para se submeter ao procedimento. “É indispensável realizar uma avaliação com o dentista para identificar se há a necessidade de realizar algum tratamento para restabelecer a saúde bucal e, só então, fazer o clareamento”, alerta a Dra. Priscila.

“Em geral, o tratamento se inicia com limpeza e raspagem, para que os dentes estejam polidos e prontos para receber o clareamento dental. Se você tiver alguma irritação na gengiva, dente fraturado, cárie e qualquer outro problema, o profissional responsável terá que te tratar antes de realizar o clareamento. Além disso, vale ressaltar que a anamnese, que é um tipo de entrevista feita com o paciente, serve para evitar riscos e complicações, proporcionando um tratamento muito mais tranquilo”, orienta a dentista.

Cuidados após o clareamento dental são essenciais para manter os resultados satisfatórios

O primeiro passo para garantir a eficácia do clareamento dental é procurar um profissional qualificado e de confiança para realizar o procedimento. Junto a isso, você deve dedicar uma atenção especial aos cuidados com a saúde bucal antes, durante e após a técnica. “O clareamento não é definitivo e precisa de manutenção. Ou seja, além do acompanhamento periódico com o dentista, o paciente deve reavaliar os seus hábitos, como o tabagismo, o consumo de alimentos ricos em corantes e a forma e a frequência com que higieniza os dentes. Tudo isso influencia no resultado final”, ressalta a Dra. Priscila.

“Com o passar do tempo, os dentes mudam de cor. Mesmo tendo feito clareamento, isso pode acontecer. Mas, se você seguir as recomendações do seu dentista, certamente o efeito do tratamento poderá ser prolongado”, aconselha. 
 
Redação: Dóris Marinho


Tags:

saúde bucal clareamento dental

Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal