Como aliviar a dor de dente em bebês? Veja medidas que podem amenizar o incômodo

Massagear a gengiva é uma das formas de aliviar a dor de dente em bebês. Saiba mais!
Massagear a gengiva é uma das formas de aliviar a dor de dente em bebês. Saiba mais!

A dor de dente é sempre um grande incômodo e pode até mesmo alterar o nosso humor. Nos bebês, isso não é diferente. Os pequenos também podem passar por uma série de problemas bucais que resultam no quadro - especialmente durante o nascimento dos primeiros dentinhos. Por não saberem como avisar o que estão sentindo, é comum que o choro excessivo e a falta de apetite indiquem a sensação de dor de dente. Para te ajudar a lidar com essa situação e garantir a saúde bucal do seu filho, nós conversamos com a odontopediatra Joaquina Diz, que revelou algumas dicas para amenizar a dor de dente nessa fase.

Dor de dente em bebês: cárie é a principal causa do incômodo

Assim como acontece com os adultos, a dor de dente em bebês pode ser causada por uma série de fatores diferentes. A cárie, por exemplo, é a principal entre elas. Provocado pela alta ingestão de açúcar combinado à má higiene bucal, o quadro pode resultar em dor de dente, sensibilidade dentária e escurecimento do elemento.

Além deste, existem outros motivos que podem estar por trás da dor de dente em bebês. “O processo de irrupção dentária e os traumas de tecido mole são alguns deles”, alerta a odontopediatra. No caso do nascimento dos primeiros dentes de leite, o desconforto costuma surgir a partir do sexto mês de vida - que é quando ocorre o rompimento do tecido gengival para formação dos dentes.

Choro excessivo e falta de apetite podem indicar dor de dente em bebês

Perceber se um bebê está com dor de dente pode ser mais fácil do que se imagina. Como é difícil verbalizar os seus sentimentos nessa fase, os pequenos tendem a demonstrar o incômodo chamando a sua atenção de outras formas. “No geral, a dor de dente deixa os bebês bem irritados e fora do comportamento usual deles”, alerta a dentista. Nesse caso, o choro constante e a falta de apetite tendem a ser os primeiros sinais de que o bebê está sentindo o desconforto. “Quando o bebê simplesmente para de comer de maneira abrupta é importante ligar o sinal de alerta”, aconselha a profissional.

Outros sinais clínicos que também podem ser observados na dor de dente em bebês são: salivação excessiva, inchaço e sensibilidade na gengiva, irritabilidade e problemas para dormir. Vale destacar que, diferente dos que muitos pensam, a mão na boca nem sempre é um sintoma de dor de dente em bebês. “Na fase oral, as crianças tendem a descobrir o mundo pela boca. Por isso, nem sempre essa atitude sugere o quadro”, afirma Joaquina.

Dor de dente: como aliviar o incômodo em bebês?

Se você desconfia de que o seu filho está sentindo dor de dente, não tem jeito: a melhor solução é procurar um odontopediatra. Com ele, será possível fazer uma análise detalhada do quadro da criança através de exames e, assim, identificar a causa por trás do problema. Dependendo da circunstância, existem algumas medidas simples que podem ajudar. Veja, a seguir, as principais entre elas:

1) Para aliviar a dor de dente causada pela irrupção dentária, o ideal é investir em mordedores com cerdas ou gelados. Além de amenizar o incômodo, o acessório ajuda a "rasgar" a gengiva do bebê, facilitando o nascimento dos dentes de leite.

2) Outra medida que pode aliviar a dor de dente em bebês é o picolé de leite materno. Sim, isso mesmo! Além de nutritivo, o leite materno tende a ser frio, o que promove o alívio da dor de dente. Para fazê-lo, é importante tomar todos os cuidados necessários com a higiene e desprezar os primeiros jatos de leite.

3) A massagem na gengiva é também um cuidado que pode amenizar a dor de dente em bebês. Para isso, basta massagear a gengiva da criança com o dedo envolto em uma gaze com soro fisiológico gelado.

4) Se você suspeita que a dor de dente pode ser causada por cárie, o ideal é buscar um tratamento profissional. Isso porque pode ser necessário o uso de analgésicos por via oral - o que requer um acompanhamento odontológico.

Lembre-se: evite usar géis anestésicos para aliviar a dor de dente em bebês! Esses produtos tendem a ter um alto risco de toxicidade e podem prejudicar a saúde da criança. 

 

Este artigo tem a contribuição da especialista:
Joaquina Santos Diniz - Especialista em Odontopediatria
Mogi das Cruzes, SP
CRO-SP: 115.367


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal infantil