Dentes de leite: 5 dicas de como aliviar os sintomas do nascimento da primeira dentição

Seu pequeno está passando pelo nascimento dos dentes de leite? Veja 5 dicas de como aliviar as dores e o inchaço dessa fase
Seu pequeno está passando pelo nascimento dos dentes de leite? Veja 5 dicas de como aliviar as dores e o inchaço dessa fase

 O nascimento dos primeiros dentes de leite da criança é um momento marcante na vida de toda família. Mas é o pequeno que acaba sentindo esses sintomas com grande intensidade na gengiva. Além da dor e do inchaço que surgem na região, o bebê também pode sentir febre, enjoo e outros problemas que incomodam muito durante essa fase. É bem difícil ver o seu filho passando por tudo isso, mas a boa notícia é que você pode amenizar esses desconfortos com algumas dicas caseira bem simples e que ele vai adorar!

Com que idade começam a nascer os primeiros dentes de leite? Entenda os sintomas e como a criança costuma reagir

Este é um dos momentos mais esperados pelos pais: ver o primeiro dente de leite aparecer na gengiva do filho. Normalmente, essa fase começa por volta dos seis meses de vida da criança, mas não acontece de uma vez só. Em outras palavras: esse é um processo gradual, que pode levar vários anos para completar a primeira dentição. Assim, os primeiros a aparecerem são os dois à frente do arco superior e só lá por volta dos três anos que o pequeno deve ter todos os 20 dentes de leite na boca.

5 formas de como aliviar o incômodo do nascimento dos dentes de leite:

Movimentos circulares na gengiva do bebê e a temperatura baixa ajudam a diminuir os sintomas locais da inflamação e contribui para o alívio do pequeno. Sendo assim, a dentista Francielli recomenda:

1. Ofereça algo gelado para a criança durante as refeições, como frutas ou legumes;

2. Massageie o local de irritação com lenços próprios para cavidade bucal;

3. Você também pode escovar a gengiva com uma dedeira para aliviar a dor;

4. Ofereça um mordedor para dar um alívio na dor da irrupção dos dentes de leite;

5. Faça um picolé com leite materno para diminuir o inchaço.

Caso a dor não passe e a criança tenha muito incômodo, o que os pais devem fazer?

Mesmo se com todas essas medidas, a dor e outros desconfortos continuarem, a especialista ressalta que esse é o momento mais oportuno para levar o pequeno a sua primeira consulta ao dentista. "Essa fase gera muitas dúvidas e um turbilhão de novidades, e por isso, o melhor lugar para esclarecer todas elas é no consultório de um odontopediatra capacitado, que orientará a família sobre os cuidados necessários, como a higiene bucal", esclareceu. 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Francielli Brito - Cirurgiã-dentista formada pela pela Universidade de Cuiabá e especialista em odontopediatria pela Universidade de São Paulo
Cuiabá - MT
CRO-MT: 6490


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal infantil