30.06.2021

Terapia fotodinâmica: entenda como a técnica ajuda a odontologia

Entenda como a terapia fotodinâmica pode ser utilizada na odontologia e os benefícios dessa técnica para sua saúde bucal
Entenda como a terapia fotodinâmica pode ser utilizada na odontologia e os benefícios dessa técnica para sua saúde bucal

Você já ouviu falar em terapia fotodinâmica? Utilizando laser para tratar infecções microbiana e fúngicas, a técnica tem sido cada vez mais usada para casos odontológicos. Doenças periodontais, por exemplo, são alguns dos quadros que podem ser amenizados com o auxílio da terapia fotodinâmica. Para entender melhor sobre o assunto, entrevistamos a dentista Rhianna Barreto, que revelou os principais benefícios desse tratamento e os cuidados necessários durante a sua realização.

Terapia fotodinâmica: como funciona?

De acordo com a dentista, a terapia fotodinâmica consiste em uma técnica de laserterapia associada ao medicamento azul de metileno - que é um fotossensibilizador. Na prática, ele absorve a energia luminosa e cria reações químicas que, por sua vez, produzem espécies reativas de oxigênio que combatem os microrganismos.

Justamente por isso, a terapia fotodinâmica é bastante eficaz no tratamento de infecções microbiana e fúngicas. No entanto, a especialista alerta: ela não substitui o uso de medicamentos prescritos pelo dentista. Além disso, é importante estar atento à contraindicação para terapia fotodinâmica. “Pacientes com alergia à substância azul de metileno, por exemplo, não devem fazer uso da técnica”, aconselha Rhianna.

Terapia fotodinâmica: odontologia pode ser beneficiada pela técnica

Assim como outras tecnologias odontológicas, a terapia fotodinâmica traz uma série de vantagens para o paciente e o dentista. A redução dos efeitos colaterais e da probabilidade de recorrência do quadro tratado, por exemplo, são os principais benefícios da terapia fotodinâmica. Outro fator que merece destaque é o baixo custo desse procedimento, o que permite um maior acesso aos pacientes. “Além disso, a terapia fotodinâmica também apresenta uma simplicidade técnica e ausência de risco de resistência microbiana”, revela a profissional.

A terapia fotodinâmica pode ser usada para tratar doenças periodontais e outros quadros odontológicos

Se engana quem pensa que a terapia fotodinâmica é uma técnica pouco usada na odontologia. Na verdade, esse tipo de tratamento pode ser utilizado para tratar diversas doenças bucais. “A terapia fotodinâmica é uma grande aliada em quadros de origem bacterianas e fúngica, no auxílio da descontaminação do condutor radicular e no tratamento de infecções periodontais”, revela a dentista.

O procedimento também pode ser usado em alguns tipos de cirurgia odontológica, como no caso de osteorradionecrose e alveolite, por exemplo. Além disso, pacientes com xerostomia, aftas, disfunção na ATM e língua geográfica também podem ser beneficiados pelo uso da terapia fotodinâmica.

O uso da terapia fotodinâmica requer alguns cuidados específicos

Para que a terapia fotodinâmica traga apenas benefícios para a saúde bucal do paciente é importante saber utilizá-la corretamente. Segundo Rhianna, o primeiro passo para um bom resultado é a escolha de um profissional qualificado. “seja em atendimento particular ou público, um profissional qualificado é essencial para produzi-la”, afirma a especialista. Além disso, é imprescindível que o paciente realize todos os cuidados indicados pelo profissional após o uso da terapia fotodinâmica - incluindo a manutenção da higiene bucal.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Rhianna Barreto - Cirurgiã-Dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 37448


TODAS AS MATÉRIAS: ortodontia