Rotina de higiene bucal em quarentena: dentista explica como o ritual deve mudar nessa época

18.05.2020

Rotina de higiene bucal em quarentena: dentista explica como o ritual deve mudar nessa época

Confira dicas de uma especialista para continuar os cuidados com a higiene bucal na quarentena
Confira dicas de uma especialista para continuar os cuidados com a higiene bucal na quarentena

Não dá para negar: a boca é uma porta de entrada para uma série de microrganismos. Entre eles, pode estar o novo coronavírus. Por isso, além do isolamento e dos cuidados com a limpeza das mãos, usando sabonete e álcool em gel, também é preciso redobrar a atenção quanto à higiene bucal. Para entender melhor a importância desse cuidado com os dentes e quais mudanças a sua rotina de limpeza deve ter, o Sorrisologia conversou com a dentista Dulce Helena Cabelho.

Higiene bucal diária é essencial para a saúde da sua boca

Seja durante a quarentena ou não, a profissional alerta: a rotina de higiene bucal deve ser seguida. “Dessa forma, é possível equilibrar a microbiota bucal, controlando o biofilme bacteriano e, consequentemente, mantendo a saúde bucal em dia”, explica. Caso contrário, alguns incômodos como mau hálito, saburra lingual, dentes amarelados e doenças periodontais podem surgir. Tudo isso devido ao acúmulo de placa bacteriana nos dentes e tecidos bucais causados pela má escovação.

Saiba como manter a rotina de higiene bucal em quarentena

Além dos cuidados básicos, como lavar as mãos e evitar aglomerações, a dentista Dulce Cabelho ressalta que a higiene bucal é essencial para evitar a contaminação do vírus e de outros microrganismos. “A escovação diária dos dentes e gengivas, incluindo a limpeza da língua, o uso de enxaguantes bucais e fio dental ajuda a manter a proteção da sua saúde sistêmica e bucal”, conta a especialista.

Outro fator que merece uma atenção especial e que pode contribuir para sua higiene bucal é a alimentação. “Uma dieta balanceada com frutas, verduras e proteínas contribui para limpeza dos dentes e dos tecidos mole, resultando em uma resistência orgânica equilibrada”. Além disso, a dentista alerta: “A rotina de higiene bucal deve começar sempre pela lavagem correta das mãos para evitar qualquer contaminação”.

Como a higiene bucal pode ajudar na prevenção do coronavírus?

De acordo com a profissional, a regra é clara: a nossa saúde começa pela boca. Por isso, manter uma boa higiene bucal é essencial para prevenir a COVID-19. “A escovação correta de todos os dentes, a rotina e a manutenção da limpeza diária são fatores imprescindíveis quando falamos em doenças infectocontagiosas”, revela.

Além disso, ela explica que em situações mais graves da doença, em que os pacientes precisam de ventilação mecânica invasiva, um quadro de pneumonia nosocomial pode surgir. Nesse caso, o curso inicial pode ser os dentes molares localizados nas regiões posteriores da boca. Para prevenir esse problema, é fácil: basta manter o uso correto do fio dental e da escova de dentes após o café da manhã, almoço e antes de dormir.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dulce Helena Cabelho Passarelli - Estomatologia, Patologia Bucal e Laserterapia
São Paulo, SP
CRO-SP: 35856


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal