21.01.2021

Radiografia panorâmica: o que é? Como é feita? Quais as indicações? Quanto tempo dura?

Saiba como a radiografia panorâmica funciona e os benefícios desse tipo de exame para sua saúde bucal
Saiba como a radiografia panorâmica funciona e os benefícios desse tipo de exame para sua saúde bucal

Você já ouviu falar na radiografia panorâmica? Diferente do exame de raio-X tradicional, o procedimento é capaz de oferecer de uma só vez uma imagem precisa de todas as estruturas faciais, incluindo dentes, maxilar e mandíbula. Justamente por isso, ela é a grande aposta dos profissionais da área odontológica para garantir uma análise mais exata e um tratamento correto para o paciente. Para entender mais sobre a radiografia panorâmica, o Sorrisologia conversou com a dentista Rita Ventura que revelou as principais informações dessa técnica que promete facilitar o diagnóstico de doenças bucais.

Radiografia panorâmica: o que é?

Ao ouvir o termo radiografia panorâmica, é comum que surjam dúvidas sobre a definição desse procedimento. De acordo com a especialista, a principal diferença deste exame para o raio-X comum é a precisão das imagens. “De maneira geral, a radiografia panorâmica produz uma única imagem tomográfica das estruturas faciais: arcada dentária, maxilar e mandíbula, sendo de fácil compreensão para o dentista fazer uma avaliação”, explica a Drª Rita. Justamente por isso, ela tende a ser um dos exames mais importantes durante o diagnóstico de doenças nos dentes, mandíbula, área nasal, seios nasais e articulações da mandíbula, como a DTM.

Como funciona a radiografia panorâmica?

Depois de descobrir o que é a radiografia panorâmica, você deve estar se perguntando como ela funciona, certo? Embora o seu resultado seja diferente do raio-X tradicional, a radiografia panorâmica é feita de forma bastante semelhante ao procedimento comum. “Coloca-se um afastador de lábios na boca com o objetivo de afastar os lábios dos dentes. Depois disso, o rosto do paciente é posicionado no equipamento e a máquina registra a imagem”, explica a dentista. É um processo rápido, simples e que não causa nenhum tipo de dor ao paciente.

Casos em que a radiografia panorâmica é indicada

Apenas o exame clínico pode não ser suficiente para a observação de todas as possíveis alterações na saúde bucal do paciente. É aí que entra a radiografia panorâmica para ajudar a avaliar o quadro com detalhes através de uma imagem mais precisa. Por isso, Rita adianta: esse exame é realizado para prevenção e diagnóstico de condições dentais e faciais. “Sendo assim, ele pode ser indicado para qualquer paciente cuja o dentista ache necessário, seja em uma primeira consulta para poder conhecer toda a estrutura da face do paciente ou para solucionar a suspeita de alguma doença”, afirma.

Quanto tempo dura a radiografia panorâmica?

Diferente de outros procedimentos odontológicos, a radiografia panorâmica não exige um preparo prévio para ser feita. “O paciente é orientado apenas a remover piercings, caso tenha, antes de ir para a clínica”, conta a profissional. Quanto ao tempo de duração, Drª Rita revela: o exame é bem rápido e dura em torno de 3 a 5 minutos.

Esse artigo teve a participação profissional de:
Rita Ventura

Cirurgiã dentista, ortodontista, especialista em Harmonização Facial e estética dental.
CRO: 42601


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal