05.03.2021

Higiene bucal do dente de leite mole: como fazer? Todos os cuidados para evitar sangramento na gengiva

Se o dente o seu filho está mole, precisa ficar de olho nas dicas de higiene bucal durante essa fase!
Se o dente o seu filho está mole, precisa ficar de olho nas dicas de higiene bucal durante essa fase!

O cuidado com os dentes de leite é um assunto que gera muitas dúvidas, afinal, eles são temporários e logo deixarão de existir para dar lugar aos dentes permanentes. Quando os dentes estão em fase de troca, ou seja, quando estão moles, é mais difícil ainda lidar com a higiene bucal dos pequenos. Porém, ela é extremamente necessária! Aprenda como escovar o dente de leite mole e todos os cuidados que devem ser mantidos para evitar um sangramento na gengiva.

Use escova de dente e creme dental indicados para crianças

Os dentes e a gengiva das crianças são mais sensíveis do que os dentes permanentes dos adultos e por isso precisam de cuidados específicos. Para cuidar da higiene bucal dos dentes de leite, é ideal que os produtos usados sejam formulados especialmente para essa faixa etária. Esses itens precisam ter substâncias, como o flúor, na quantidade certa para as crianças, pois em excesso pode prejudicar o esmalte dos dentes. Além disso, a costumeira sensação de refrescância que temos ao usar produtos de higiene bucal para os adultos irrita e incomoda a mucosa bucal dos pequenos, sendo contraindicado para uso infantil.

Higiene é importante para evitar inflamações na gengiva, como a gengivite

O dente de leite mole, conforme se descola da raiz, deixa parte da gengiva exposta. Isso significa que caso a boca não seja higienizada corretamente todos os dias, a boca fica mais propensa a acumular bactérias, causando inflamações como a gengivite (que pode gerar um quadro de periodontite se não cuidada), refletindo em dor e desconforto. Por isso, é essencial manter a escovação mesmo com o dente mole.

Nada de arrancar os dentes de leite!

É muito comum para alguns pais incentivar as crianças a arrancarem seus dentes moles com o pensamento de “sofrer de uma vez só”. Porém, isso pode prejudicar o nascimento do dente permanente e até mesmo causar algum trauma no local, além de sangramento na gengiva. O recomendado nesse caso é estimular que o dente caia naturalmente. A criança pode balançá-lo de um lado para outro, incentivando a queda, ou até mesmo comer alimentos mais duros, como uma maçã ou cenoura crua. Se mesmo assim o dente não ceder, se  estiver dificultando a alimentação ou causando desconforto à criança, o melhor é consultar um odontopediatra para auxiliar no processo de troca da dentição.

Dentes de leite: eles também podem ter cáries

Um grande mito acatado por alguns pais é achar que os dentes de leite não precisam de higiene bucal e escovação, já que vão cair de qualquer jeito e serão trocados pelos permanentes. Ao contrário do que se pensa, os dentes de leite também podem ter cáries dolorosas, que prejudicam a saúde bucal da criança. Por isso, desde os primeiros dentes de leite a criança deve escovar os dentes e passar o fio dental, prevenindo não só a cárie, mas também a formação de tártaro e placa bacteriana.


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal