30.09.2021

Gengiva sangrando é sintoma de quais doenças?

A gengiva sangrando pode ser o sinal de doenças, como a gengivite e a periodontite. Entenda!
Gengiva sangrando é sintoma de quais doenças?
A gengiva sangrando pode ser o sinal de doenças, como a gengivite e a periodontite. Entenda!
A gengiva sangrando pode ser o sinal de doenças, como a gengivite e a periodontite. Entenda!

Lidar com a gengiva sangrando é algo que sempre acende um alerta de preocupação entre os pacientes. Na maioria das vezes, o sangramento gengival já é um indicativo de algo não vai bem com a sua saúde bucal. Mas, se você notar a gengiva sangrando e inchada, pode ter certeza de que estamos falando de alguma doença. Isso porque a gengiva sangra em casos de inflamação, acúmulo de placa bacteriana e outros fatores. Para entender o que pode estar por trás do quadro, nós conversamos com a dentista Camila Sodré, do Rio de Janeiro, que revelou algumas doenças relacionadas à gengiva sangrando. Confira!

Gengiva sangrando: o que pode ser?

Mesmo que a primeira atitude a tomar assim que você reparar que a sua gengiva sangrando seja consultar um dentista, ter uma noção do que está acontecendo com a sua saúde bucal também é importante. De acordo com a especialista, o sangramento gengival pode ser causado por diversos motivos. “Dentre os principais, podemos citar a gengivite, que é a inflamação na gengiva causada pela má higiene bucal ou má remoção da placa bacteriana aderida”, afirma a dentista. Além desta, a periodontite, que é uma evolução da gengivite, também pode ser o motivo por trás da gengiva sangrando.

No entanto, quando há uma boa rotina de higiene bucal, o quadro pode indicar a presença de doenças que não estão relacionadas com a saúde dos dentes. “A gengiva sangrando pode indicar carência de vitamina K, leucemia, alterações hormonais, vírus HIV, tabagismo, hiperglicemia, fatores nutricionais, secura bucal, diabetes, queda de resistência e desordem hemorrágica, entre outros”, revela Camila. Por isso, o ideal é observar os sintomas e procurar um profissional para garantir o diagnóstico correto. 

Como é feito o diagnóstico e tratamento para gengiva sangrando?

Mesmo que a sua primeira reação ao notar a gengiva sangrando ao escovar os dentes ou do nada seja tentar aliviar o sintoma, não tem jeito: você precisa ir ao dentista. Nesses casos, a automedicação não é a escolha certa e apenas uma avaliação profissional pode garantir o melhor tratamento. “O diagnóstico é feito pelo dentista ao examinar a arcada do paciente, onde pode ser observado vermelhidão, edema e inflamação na gengiva e sangramento durante a sondagem”, recomenda a especialista.

Quanto aos tratamentos para gengiva sangrando, eles podem variar de acordo com a causa e a doença causadora do sintoma. “Se a causa for acúmulo de biofilme ou placa bacteriana, uma limpeza deve ser realizada, assim como a manutenção da saúde gengival por meio da escovação pelo paciente”, esclarece a profissional. Por outro lado, se a gengiva sangrando for resultado de uma condição sistêmica como diabetes, o tratamento é multidisciplinar e o paciente deve realizar consultas periódicas com o médico e o dentista. 

Gengiva sangrando: o que fazer para prevenir o problema?

Ainda que pareça normal lidar com a gengiva sangrando, isso não significa que devemos ignorar o quadro. Na verdade, é importante ter alguns cuidados com o sorriso para evitar o surgimento de doenças que provocam o sangramento gengival. “O paciente pode se prevenir com uma boa escovação após as refeições e consultas periódicas, a cada seis meses, com seu dentista para realizar a manutenção da saúde oral”, aconselha Camila.

Também vale incluir o uso do fio dental e enxaguante bucal na sua rotina para eliminar totalmente o acúmulo de placa bacteriana. Além disso, é preciso optar por uma alimentação equilibrada e saudável para ajudar na manutenção da sua saúde bucal e geral.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Camila Stofella Sodré - Doutoranda em Clínica Médica pela UFRJ. Mestre em Odontologia com especialização em reabilitação oral e prótese dentária.
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 40419


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal