15.07.2021

8 coisas que podem resultar em gengiva sangrando

Gengiva sangrando ao escovar os dentes pode ser um sinal de gengivite ou periodontite.
Gengiva sangrando ao escovar os dentes pode ser um sinal de gengivite ou periodontite.

A gengiva sangrando é sempre um sinal de alerta para problemas que podem prejudicar a sua saúde bucal. Na maioria das vezes, a condição pode indicar o estágio inicial da gengivite - denominação usada para gengiva inflamada. Por isso, ainda que seja um quadro bastante comum, é importante ficar atento e buscar um dentista caso ocorra episódios de gengiva sangrando ao escovar os dentes ou do nada. Para te ajudar a prevenir esse incômodo, o Sorrisologia conversou com a dentista Uila Ramos que revelou 8 fatores que podem resultar em gengiva sangrando. Veja só!

Entenda os riscos da gengiva sangrando para saúde bucal

Ainda que seja bastante comum lidar com o quadro, é importante ter em mente que a gengiva sangrando é sempre sinônimo de que algo não vai bem com a sua saúde bucal ou geral. “Gengiva sangrando indica que há algum problema acontecendo, seja de natureza local ou sistêmica”, afirma a dentista. Nesse caso, os riscos de disseminação de microrganismos infecciosos presentes na placa bacteriana pela corrente sanguínea são grandes, o que pode alcançar outros órgãos, como coração, cérebro e pulmões.

Dessa forma, é possível afirmar que a gengiva sangrando pode trazer riscos não só à saúde bucal, como à saúde de todo o organismo do paciente. Justamente por isso, é importante que o paciente adote algumas medidas preventivas, como hábitos diários de higiene bucal, para evitar o quadro de gengiva sangrando

Gengivite e periodontite são as principais causas para gengiva sangrando 

Para surpresa de alguns, existem diversos fatores que podem resultar na gengiva sangrando. Embora a gengivite e a periodontite sejam as causas mais comuns, elas não são as únicas. Por isso, separamos os principais motivos por trás desse quadro para você ficar atento, de acordo com a especialista:

- Gengivite: induzida pela presença de placa bacteriana, a doença inflamatória resulta em gengiva sangrando, inchada e avermelhada

- Periodontite: também caracterizada pela gengiva inflamada, o quadro causa a perda da inserção dos tecidos periodontais e, consequentemente, o surgimento de bolsa periodontal. Nesse caso, é comum lidar com gengiva sangrando ao escovar os dentes ou espontaneamente. 

- Má higiene bucal: seja por falta de uso do fio dental ou por uma escovação deficiente, a falta de cuidados com a higiene bucal é responsável por um  acúmulo maior de restos alimentares que resultam na formação de placa bacteriana. Nesse sentido, o quadro pode provocar uma inflamação na região que, por sua vez, resulta na gengiva sangrando. 

- Escovação com excesso de força: de nada adianta manter uma boa higiene bucal se a escovação for feita da maneira incorreta. O excesso de força durante o processo, por exemplo, pode traumatizar o tecido mucoso e resultar na gengiva sangrando.

- Sangramento induzido por medicamentos: remédios antiplaquetários e os anticoagulantes, que são prescritos para o tratamento de algumas doenças, aumentam as chances de lidar com uma gengiva sangrando.

- Diabetes mellitus: é uma desordem metabólica caracterizada por deficiência na produção do hormônio insulina, podendo se apresentar como o tipo 1 e o tipo 2. O aumento da taxa de açúcar no sangue e, consequentemente no fluido gengival, expõe o paciente ao risco de gengiva sangrando, já que altera a flora microbiana presente na placa bacteriana. 

- Deficiência de vitaminas K e C: a vitamina K é requerida para a produção de fatores de coagulação, já a vitamina C é necessária para a produção de colágeno. A falta destas vitaminas predispõe ao quadro de gengiva sangrando. 

- Leucemia: é uma doença caracterizada pela substituição das células hematopoiéticas por células tumorais malignas. Nesse caso, o sangramento gengival acontece secundariamente à trombocitopenia, que é a redução no número de plaquetas.


Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-Dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife
CRO-PE: 10.380

 


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal