Conheça os tipos de aftas e descubra formas de tratamentos
Close-up de lábios humanos mostrando sinais de aftas, com muitas pequenas bolhas visíveis, ilustrando os diferentes tipos de aftas e como tratá-las.
Close-up de lábios humanos mostrando sinais de aftas, com muitas pequenas bolhas visíveis, ilustrando os diferentes tipos de aftas e como tratá-las.

Publicador de Conteúdos e Mídias

Aftas: Quais São Os Tipos E Como Tratar

Sofre com aftas? Explore os diferentes tipos e aprenda como tratá-las para um alívio rápido e eficaz. Encontre sua solução aqui!

26/11/2019

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Muito mais comum do que imaginamos, as aftas são pequenas lesões que se alojam no interior da boca, em locais como bochechas, língua, gengivas e garganta. Essas hóspedes incômodas aparecem causando desconforto, por vezes dor, o que dificulta a fala, a deglutição e até mesmo o prazer em comer. 

No meio disso tudo, pensamos: de onde que as aftas vieram? O que são? Por que aparecem? É possível prevenir seu aparecimento? Existe um tratamento para curá-las? Essas e outras perguntas serão respondidas nesse artigo de Sorrisologia. 

Se você sofre com as aftas na boca, não deixe de acompanhar a leitura do artigo. 

Vamos lá?

Aftas: O Que São E De Onde Vieram?

Imagine pequenas bolhas que aparecem em diversas partes da boca? Elas produzem ardência, incômodo e até mesmo impedem que você se alimente corretamente, fale e até mesmo sorrir. 

As aftas são pequenas úlceras dolorosas que se formam na parte interna da boca e lábios. Superficiais e benignas, elas aparecem nas gengivas, língua, garganta, parte interna das bochechas, perto dos dentes e céu da boca. Assim como aparecem do nada, as aftas  desaparecem sem deixar qualquer resquício cerca de 15 dias após seus primeiros sintomas. Elas podem ter diversos formatos: 

  • levemente arredondadas ou achatadas;
  • esbranquiçadas no meio com as bordas vermelhas;
  • aparecem sozinhas ou em grupos. 

As causas para esse quadro podem ser variadas, mas de acordo com o estomatologista Daniel Cohen, a maioria dos casos de ulceração aftosa são idiopáticos, isto é, sem causa definida. De acordo com o site do Dr. Drauzio Varella, sabe-se que as aftas são mais comuns em mulheres e que cerca de 30% dos indivíduos que são diagnosticados pela condição são por associação genética ou exposição ambiental. O que se pode afirmar é que alguns fatores servem como gatilho para seu aparecimento: 

  • sistema imunológico baixo;
  • deficiências nutricionais;
  • estresse;
  • traumas na boca;
  • alergia a certos alimentos;
  • condições hormonais;
  • fatores genéticos. 

“Por mais que seja raro, alergias a alguns alimentos como noz, avelã, canela, abacaxi, tomate, café, refrigerantes e outras frutas cítricas podem piorar o quadro do paciente". finaliza o estomatologista. Além disso, as aftas podem apresentar diferentes formas, cada uma com suas características e peculiaridades. 

Quais São Os Tipos De Aftas Que Existem?

Aftas Menores

São as mais frequentes e geralmente com menos de 1 centímetro. Seu formato é arredondado com bordas brancas ou amareladas e com o centro amarelo ou acinzentado. Não causa tanta dor, incomodando apenas pela saliência que apresenta. Desaparecem sozinhas cerca de uma a duas semanas após o aparecimento. 

Aftas Maiores

São as menos comuns e geralmente são maiores de 1 centímetro de diâmetro. Seu formato possui bordas irregulares e o centro mais profundo. Causam dor mais intensas e persistentes, e cicatrizam dentro de um período de três a seis semanas após o aparecimento, podendo deixar cicatrizes. 

Aftas Herpetiformes

São as mais raras. Caracterizadas por bolhas que, ao estourarem, formam múltiplas úlceras (geralmente mais de 10). Cicatrizam entre uma a duas semanas, porém, podem voltar de maneira constante. Causam dor intensa e são acompanhadas por febre e fadiga. 

Aftas Gigantes

Maiores do que 1 centímetro, podem durar meses e causar dores intensas.

Aftas Herpetiformes de Behçet

Inflamação crônica dos vasos sanguíneos, é uma doença rara que causam aftas recorrentes, úlceras genitais e outros sintomas. 

Existem Modos De Prevenir O Aparecimento Das Aftas?

As aftas fazem parte do grupo de doenças que não existem causas exatas para o surgimento. Mas o que se sabe é que diversos fatores podem provocar o aparecimento dessas feridas na boca e preveni-las não precisa ser uma batalha. Com alguns cuidados nas regiões afetadas, você consegue aliviar os sintomas e em consequência, acelerar a cicatrização. Aqui estão algumas dicas de como prevenir o aparecimento das aftas: 

  • Higiene bucal com mais atenção: escovar os dentes com mais cuidado utilizando escovas com cerdas macias e creme dental com flúor pelo menos três vezes ao dia, principalmente após as refeições. Além disso, o fio dental é fundamental para remover a placa bacteriana entre os dentes e prevenir infecções. Por fim, use enxaguante bucal com antisséptico ao menos duas vezes ao dia para reduzir a quantidade de bactérias na boca. Dê preferência para os enxaguantes sem álcool para evitar que a afta fique irritada. 
  • Alimentação balanceada: dê preferência a alimentos ricos em vitaminas e minerais. Alimentos ricos em vitaminas B12, ácido fólico e ferro, como carne vermelha, aves, peixes, ovos, vegetais verdes escuros e leguminosas fortalecem o sistema imunológico e auxiliam na cicatrização. Inclua frutas, legumes e verduras frescas em seu cardápio diário, pois eles garantem a ingestão dos nutrientes necessários para a saúde da mucosa da boca. 
  • Hidratação: a água é essencial para manter a produção de saliva e auxiliar na cicatrização das aftas. 
  • Tabagismo: passe longe dos cigarros. A nicotina pode retardar a cicatrização da afta e aumentar o risco de infecção. 
  • Estresse e o sono: o estresse pode contribuir para o surgimento das aftas. Tente controlar a rotina diária com atividades físicas, respiração e meditação para reduzir o estresse. Além disso, uma boa noite de sono é fundamental para a recuperação do organismo. 
  • Trauma na boca: se possível, use protetores bucais durante atividades esportivas. Isso irá prevenir mordidas na boca que podem se transformar em traumas, levando ao aparecimento de aftas. 
  • Cuidados com os aparelhos ortodônticos: se você usa aparelho, utilize cera ortodôntica. O atrito constante do aparelho com a mucosa da boca cria um ambiente ideal para o surgimento das aftas e a cera é um recurso seguro, criado para gerar conforto a quem usa aparelho. Tem como objetivo cobrir os braquetes e fios, formando uma superfície lisa que impede que o aparelho machuque a gengiva, bochecha e língua. 

Ao final deste artigo entendemos o que são as aftas, seus tipos e prevenção. Fica claro que por mais que não se saibam as causas oficiais, o melhor caminho é procurar um profissional qualificado para garantir o tratamento adequado para seu caso. A maioria das aftas aparecem e desaparecem sozinhas e prestar atenção a frequência dos surtos é fundamental para entender qual passo será dado. Lembrando que a medicação é papel única e exclusivamente do profissional de saúde. Somente ele será capaz de entender seus sintomas e indicar tratamentos e medicamentos para combater as aftas. 

Continue acompanhando o portal e receba mais dicas sobre prevenção, cuidados e dicas para combater as aftas e outras condições bucais. 

Você utiliza os itens de higiene bucal certos para cuidar do seu sorriso? Faça o nosso teste para descobrir!

Artigo Revisado em 10/5/2024

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias