24.05.2021

Abscesso dental: o que pode causar esse problema?

Descubra os fatores que podem causar o abscesso dentário e os cuidados necessários para prevenir o quadro
Descubra os fatores que podem causar o abscesso dentário e os cuidados necessários para prevenir o quadro

O abscesso dentário é um problema bucal mais comum do que se imagina. Caracterizado como uma infecção dentária, o quadro pode provocar uma série de sintomas que causam bastante incômodo, como dores, sensibilidade nos dentes e presença de pus. Mas você sabe como essa condição surge? Quais fatores podem resultar em um abscesso dental? Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, nós conversamos com a dentista Juliana Portes. Veja só o que ela nos contou!

Abscesso dental: o que é?

Embora seja um problema bucal recorrente nos consultórios odontológicos, é comum que alguns pacientes ainda tenham dúvidas sobre o que se trata a condição. Segundo a dentista, o abscesso dental nada mais é do que uma lesão que contém pus no seu interior. “O quadro pode aparecer no formato de bolsa periodontal, fístula - clinicamente surge como uma bolinha na gengiva que seria a saída dessa fístula - e, em alguns casos, com um volume maior levando a um edema em qualquer região da boca”, afirma a Dra. Juliana.

As principais causas do abscesso dentário

De acordo com a especialista, a principal causa do abscesso dentário é a necrose em um dente causada por uma cárie sem tratamento, que gera um quadro infeccioso grave e formação de pus. Além disso, existem outros fatores que também podem contribuir para o abscesso dental. “O surgimento de uma bolsa periodontal, fissura ou fratura do dente ou até mesmo por algum corpo estranho, como uma casca de pipoca que fica presa no dente, também podem desencadear o abscesso dentário”, afirma.

Como é feito o tratamento para abscesso dental?

Ao menor sinal de pus, que caracteriza o abscesso dentário, é necessário buscar atendimento com um dentista imediatamente. “O quadro pode continuar evoluindo e levar a uma condição infecciosa mais grave, como uma celulite de face”. Nesse caso, a dentista adianta: o tratamento é basicamente feito através de terapia com antibióticos e a remoção da causa dessa infecção. No entanto, é importante ter em mente que os medicamentos só devem ser utilizados a partir de uma recomendação médica, já que tomá-los sem acompanhamento profissional pode piorar a situação.

Cuidados para prevenir o abscesso dentário

Assim como outros problemas bucais, o abscesso dental também pode ser prevenido com alguns cuidados simples e diários. O controle da saúde bucal, por exemplo, é o principal deles. Nesse caso, é importante que o paciente mantenha uma boa higiene oral, incluindo o uso de fio dental e enxaguante bucal. Além disso, é recomendado manter uma rotina com o dentista para prevenir ou até mesmo tratar logo no início qualquer alteração bucal ou sintomas, como dor de dente, sensibilidade a alteração de temperatura, sensação de gosto ruim na boca e febre. Para isso, vale incluir na sua agenda visitas periódicas ao consultório odontológico a cada quatro ou seis meses.
 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Juliana Portes - Mestre em patologia pela Universidade Federal Fluminense e doutoranda em periodontia pela Universidade de Sevilha (ES)
CRO-RJ: 43653


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal