13.07.2016

A falta de alguns nutrientes, como a vitamina B12, pode ser uma das causas do surgimento da afta

Você constantemente tem aftas? Talvez esteja faltando na sua dieta um reforço de vitamina B12
Você constantemente tem aftas? Talvez esteja faltando na sua dieta um reforço de vitamina B12

Um dos machucados bucais mais recorrentes é a afta. Conviver com essas pequenas feridas é um verdadeiro incômodo. Essas lesões causam dor, afetam a fala e comer qualquer coisa parece uma tarefa impossível. O aparecimento dessa condição inflamatória pode estar associado a falta de alguns nutrientes no nosso corpo. A dentista Flávia Bazilio explica a relação entre a vitamina B12 e o surgimento das temidas feridas bucais.

Mas o que é a afta?

Mas afinal, o que são essas lesões que incomodam tanto? Conhecida popularmente como afta, a estomatite aftosa recorrente (EAR) ainda não tem uma causa totalmente identificada, segundo a especialista. É uma doença que se caracteriza pela presença de úlceras na mucosa oral, podendo ser de tonalidade amarelada ou vermelha.

Falta de nutrientes importantes

A dentista afirma que um dos problemas que levam ao aparecimento dessa condição desagradável na boca pode ser a falta de nutrientes. "Ela pode estar associada a alterações hormonais, estresse, trauma alimentos ácidos, fatores genéticos e falta de ferro e vitamina B12", explica a profissional.

Importância dos alimentos nutritivos

Para suprir a falta da vitamina B12 você precisa consumir alimentos de origem animal, como carne, leite e ovos, segundo Flávia. "É essencial para o crescimento e divisão celular". Além disso, a profissional ressalta que a deficiência dessa vitamina está associada aos sintomas de ardência bucal.

O tratamento apenas alivia os sintomas

Os tratamentos para a afta apenas ajudam a diminuir os sintomas, não conseguindo evitar novos surtos ou preveni-los, afirma Flávia. "O tratamento é feito para o controle da úlcera e da dor, e também através do controle nutricional tentar administrar a doença que tem uma característica recorrente". O uso de pomadas com corticoide também é indicado para ajudar a amenizar a inflamação e a dor. Já para minimizar a infecção e ajudar na cicatrização a dentista recomenda os antissépticos bucais.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Flávia Bazilio - Especialista em Endodontia
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 24834


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal