Como o tártaro nos dentes influencia o seu hálito?
 Dentista de máscara e luvas azuis examina a boca de uma paciente, que está deitada na cadeira de atendimento odontológico, enquanto segura um espelho dental e uma sonda exploradora.
Dentista de máscara e luvas azuis examina a boca de uma paciente, que está deitada na cadeira de atendimento odontológico, enquanto segura um espelho dental e uma sonda exploradora.

Publicador de Conteúdos e Mídias

Entenda a relação entre tártaro e mau hálito

Entenda a relação entre tártaro e mau hálito e aprenda como prevenir para manter seu hálito fresco e seu sorriso saudável. Saiba mais!

02/01/2024

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Dentes saudáveis e hálito fresco são elementos-chave da boa saúde bucal. Mas, você sabia que o tártaro nos dentes pode ser um grande vilão quando o assunto é o hálito da sua boca? 

Vamos entender melhor essa relação e descobrir como prevenir a formação de tártaro.

A relação entre saúde bucal e o tártaro

Primeiramente, é essencial compreender o que é o tártaro e como ele se forma. O tártaro é a placa bacteriana que endurece os dentes. Quando não removido, ele pode se acumular e se tornar uma pedra no caminho da sua saúde bucal.

De onde vem o tártaro nos dentes?

O tártaro começa como uma placa, uma película pegajosa e incolor, cheia de bactérias, que se forma nos dentes. 

Quando essa placa não é removida adequadamente, ela endurece e se transforma em tártaro. Uma vez formado, o tártaro só pode ser removido por um profissional da odontologia.

O papel do tártaro no mau hálito

O tártaro, ao se formar nos dentes, cria uma superfície rugosa e porosa, que se torna um ambiente ideal para a acumulação e proliferação de bactérias. 

Estas bactérias, ao se alimentarem dos restos de alimentos presentes na boca, produzem toxinas e gases, especialmente os compostos sulfurados voláteis. São esses compostos os responsáveis pelo característico odor desagradável do mau hálito.

Além disso, a presença de tártaro próximo à linha da gengiva pode levar a inflamações gengivais, como a gengivite. 

Esta inflamação, além de causar sangramento e desconforto, intensifica o mau hálito, pois a área inflamada torna-se um local ainda mais propício para as bactérias nocivas.

Prevenção é a chave

Uma boa rotina de higiene bucal é essencial para evitar a formação de tártaro e, consequentemente, garantir um hálito mais fresco.

Dicas para prevenir o tártaro e garantir um hálito agradável

  • Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usando creme dental com flúor;
  • Use fio dental diariamente;
  • Faça limpezas regulares com um dentista;
  • Evite fumar ou consumir alimentos e bebidas que podem manchar os dentes.


O tártaro nos dentes não apenas afeta a estética do seu sorriso, mas também tem um impacto direto no seu hálito. 

A prevenção, por meio de uma rotina rigorosa de cuidados bucais, é sua maior arma contra esse problema. Mantenha-se em dia com suas visitas ao dentista e cuide do seu sorriso como ele merece! 

E lembre-se, ao cuidar dos seus dentes, você também está cuidando da sua autoestima e saúde geral.

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias