05.11.2020

Quem usa aparelho ortodôntico deve fazer profilaxia dentária mais vezes?

A profilaxia dentária pode ajudar a prevenir o acúmulo de placa bacteriana durante o tratamento ortodôntico. Saiba mais!
A profilaxia dentária pode ajudar a prevenir o acúmulo de placa bacteriana durante o tratamento ortodôntico. Saiba mais!

Quando se trata de aparelho ortodôntico, uma coisa é certa: todo cuidado é pouco. Por conta dos bráquetes e fios, o acessório pode dificultar o processo de higiene bucal adequado, o que acaba favorecendo para um acúmulo de placa bacteriana maior do que o normal. A boa notícia é que, com o acompanhamento médico adequado e a realização da profilaxia dentária, é possível driblar esse quadro e garantir dentes alinhados e saudáveis. Mas será que os pacientes que usam aparelho devem fazer o procedimento mais vezes ao ano em comparação aos outros que não usam o acessório? Para entender melhor como funciona a profilaxia e a frequência ideal do procedimento nestes casos, o Sorrisologia conversou com a dentista Ana Araújo. Veja só!

Pacientes com aparelho ortodôntico podem sofrer com o excesso de placa bacteriana

Decorrente da junção de restos de alimentos e microrganismos, a placa bacteriana é a verdadeira vilã da saúde bucal e, por isso, merece atenção redobrada. No caso dos pacientes que usam aparelho ortodôntico, os cuidados devem ser ainda maiores, já que o acessório pode facilitar o quadro. “O aparelho ortodôntico fixo requer um cuidado ainda maior com a higiene bucal devido a retenção de alimentos entre o fio e os braquetes”, explica Ana. Além do mau cheiro nas borrachinhas, a placa bacteriana também pode dar início a outros problemas bucais, como a cáries ao redor dos braquetes e a gengivite. Justamente por isso, é importante manter uma rotina de escovação após as refeições, incluindo o uso de fio dental e enxaguante bucal.

O tratamento ortodôntico exige uma frequência maior de profilaxia dentária

Não é novidade que o aparelho ortodôntico traz uma série de mudanças para os hábitos e, principalmente, os cuidados dos pacientes. A higiene bucal, por exemplo, é a principal delas. Além das etapas comuns de escovação, é necessário que investir na profilaxia dentária regularmente para evitar a retenção de placa bacteriana. “A frequência com que o usuário de aparelho ortodôntico deve fazer a profilaxia é determinada pelo profissional que o acompanha. No entanto, o ideal é que o procedimento seja feito, pelo menos, três vezes ao ano, o que supera a média do recomendado para alguém sem aparelho ortodôntico”, conta a dentista.

Veja alguns cuidados com aparelho ortodôntico para evitar o acúmulo de placa bacteriana

Você pode até duvidar, mas evitar o acúmulo de placa bacteriana durante o tratamento ortodôntico é uma tarefa mais fácil do que se imagina. Isso porque, além da profilaxia dentária, existem alguns cuidados simples e diários que podem prevenir o quadro. Nesse caso, a técnica mais eficiente se resume no uso da escova e do fio dental pelo próprio paciente, como afirma a profissional. “Estes hábitos evitam o acúmulo de placas bacteriana e formação de tártaros, que são os principais responsáveis por cáries, inflamação e sangramento da gengiva”. Sendo assim, lembre-se de dedicar minutinhos do seu dia para cuidar do sorriso.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Ana Araújo - Especialista em prótese dental, dentística restauradora e odontologia do trabalho
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 19.220


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal