Piercing na boca: riscos à saúde e cuidados essenciais
Homem sorridente mostrando a língua com piercing.
Homem sorridente mostrando a língua com piercing.

Publicador de Conteúdos e Mídias

Conheça os riscos e as medidas essenciais para cuidar de um piercing na boca

Descubra os riscos à saúde e os cuidados essenciais ao colocar um piercing na boca. Leia dicas importantes para sua segurança 

12/02/2024

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Estilo, personalidade, moda. Seja como você vê os piercings na boca, (seja nos lábios, bochechas ou na língua) fato é que eles fazem a cabeça das pessoas de todas as idades. Contudo, é importante lembrar que este tipo de acessório pode ter sérias implicações para a nossa saúde bucal. 

Hoje vamos abordar sobre os possíveis riscos à saúde do piercing na boca e para quem vai se aventurar, os cuidados que deve ter ao colocar a joia. A estomatologista Dulce Cabelho bateu um papo com o Sorrisologia e indicou os principais riscos de adotar o acessório - confira!

Acompanhe com a gente! 

Antes de colocar o piercing: saiba como ele afeta sua saúde bucal

O piercing na boca pode comprometer seriamente a saúde do usuário, afirma a dra. Cabelho. Ela explica que quando utilizados intraoralmente, podem ser o motivo de complicações sistêmicas e locais para o organismo. “É como um estímulo físico que induz a ativação parassimpática, causando assim o aumento do fluxo salivar”, continuou.

Tais complicações incluem incômodo ao falar, dor, inchaço, ferimentos na gengiva, infecções, desgaste dos dentes e possivelmente mau hálito. 

Em linhas gerais, o piercing na boca: 

  • Possibilita o desenvolvimento de úlceras traumáticas;
  • Está associado a recessões gengivais;
  • A joia possui uma superfície capaz de acumular biofilme bacteriano e cálculo dental;
  • Aumenta as chances de surgirem problemas como a cárie dentária e a doença periodontal;
  • Com a movimentação do piercing dentro dos tecidos, provoca-se uma reação de células inflamatórias e hiperplasia tecidual, possibilitando a formação neoplásica;
  • Dentes quebrados ou lascados, pois o usuário possui o hábito de movimentar o adereço dentro da cavidade oral;
  • Inflamação no local do uso do piercing;
  • Infecções adversas pela má higienização;
  • Reações de hipersensibilidade pelo material utilizado;
  • Nódulos granulomatosos ao redor da inserção do piercing;
  • Sialorréia pela compressão do adereço sobre o assoalho bucal;
  • Possível perda de sensibilidade no local, devido a preensão de ramificações nervosas que provocam parestesias após a perfuração.

Contenção de danos: a escolha do local para a colocação do piercing na boca e o material do acessório 

Quanto ao material, dê preferência aos acessórios feitos à base de titânio, pois assim não desenvolve reações de hipersensibilidade, além de não liberar metais como o cobre e o níquel durante o processo. 

Sobre o local da perfuração, é importante ter em mente que diferentes áreas da boca podem ter diferentes impactos na sua saúde oral. Como exemplo, o piercing na língua associa-se ao recuo das gengivas, porque a presença da joia no local pode levar a pressão contínua sobre a parte de trás dos dentes frontais inferiores. Já os piercings nos lábios podem gerar atritos com os dentes, levando ao desgaste ou até mesmo a quebras dentárias. 

Cuidados redobrados e atenção aos sinais


Ok, se você realmente escolheu colocar um piercing na boca, é fundamental uma preparação específica para os cuidados extras que o acessório e o corpo pedem. Veja abaixo:

  • Faça uma higiene rigorosa: escovar os dentes após cada refeição, utilizar fio dental e enxaguante bucal sem álcool. Assim evita-se o acúmulo de placa bacteriana no piercing. 
  • Evite mexer na joia: evite mexer no piercing com a língua ou os dentes, pois isso pode causar danos e aumentar o risco de complicações. 
  • Fique alerta a qualquer sinal de problemas: caso apareça dor, inchaço, sangramento, secreção ou vermelhidão, consulte seu dentista imediatamente. 

Ao escolher colocar um piercing na boca, é importante estar ciente dos cuidados necessários. Assim, é possível expressar seu estilo e personalidade com segurança, mantendo a saúde bucal em primeiro lugar. 

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias