04.08.2021

6 perguntas e respostas sobre a lente de contato dental

A lente de contato dental é um procedimento que requer acompanhamento odontológico.
A lente de contato dental é um procedimento que requer acompanhamento odontológico.

Não dá para negar: a lente de contato dental é o novo procedimento do momento. Feita de porcelana e produzida de forma personalizada, a técnica é a escolha certa para fazer correções estéticas e funcionais nos dentes. Ainda assim, é comum que algumas dúvidas surjam no meio do caminho e muitos pacientes se sentam inseguros antes de colocar a lente de contato dental. Será que realmente vale a pena passar por esse processo? É preciso desgastar os dentes para colocar a lente de contato dental? Quanto custa lente de contato dental? Pensando nisso, o Sorrisologia esclareceu as 5 perguntas mais comuns sobre o assunto. Veja só!
 

1) Lente de contato dental: processo exige desgaste nos dentes?

Quando o assunto é lente de contato dental, uma coisa é certa: o desgaste dentário é sempre necessário. Embora seja pequeno e possa variar de acordo com a necessidade do paciente, o procedimento é sempre utilizado antes de colocar a lente de contato dental - especialmente na região próxima à gengiva. A técnica é fundamental para evitar que, com o passar dos anos, surjam algumas inflamações e acúmulo de placa bacteriana ao redor da lente de contato dental.

2) A lente de contato dental precisa de manutenção?

Se engana quem pensa que a lente de contato dental não requer um acompanhamento odontológico depois de pronta. Na verdade, a resistência e a durabilidade desse procedimento está diretamente relacionada aos cuidados do paciente. Por isso, além dos hábitos de higiene bucal, é importante manter visitas periódicas ao dentista para avaliar a integridade do tratamento e acúmulo de placa bacteriana próximo às margens. Caso contrário, os riscos de infiltrações cariosas, descolamento das lentes, fraturas e perda do brilho da lente de contato dental podem ser maiores. 

3) É verdade que a lente de contato dental pode ser feita na terceira idade?

Para surpresa de alguns, a lente de contato dental não é um procedimento exclusivo para jovens e adultos. Na verdade, pacientes na terceira idade também podem investir na técnica. Nesse caso, é preciso realizar algumas avaliações para se certificar de que o suporte ósseo das raízes dos dentes podem receber as lentes de contato dental. Além disso, outro fator a ser observado é a xerostomia, também conhecida como boca seca, que é comum nessa fase da vida devido ao uso de medicamentos e pode prejudicar o uso da lente de contato dental.

4) É possível remover a lente de contato dental e voltar a ter os dentes naturais? 

Ao contrário do que muitos pensam, a lente de contato dentária pode ser removida após a sua colocação e o paciente consegue manter os seus dentes naturais. No entanto, é comum que alguns especialistas recomendem sempre que a lente de contato dental seja substituída por uma nova. Isso porque o procedimento exige o desgaste dos dentes, o que mesmo em pequenas proporções pode gerar um incômodo na estética do sorriso. 

5) Quanto tempo dura a lente de contato dental?

Como já falamos anteriormente, a durabilidade da lente de contato dental está relacionada aos cuidados do paciente. Mas, de maneira geral, a técnica pode durar cerca de 10 anos. Dependendo da saúde bucal do indivíduo, o período pode se estender por até 20 anos. Para preservar a lente de contato dental, o ideal é manter uma boa rotina de higiene bucal e ir ao dentista regularmente para as consultas de revisão e manutenção. 

6) Quanto custa lente de contato dental? 

Quando o assunto é lente de contato dental, preço é um dos fatores que mais influencia na decisão. Mas é preciso ter em mente que esse custo pode variar bastante de acordo com o material do dente, da cidade do paciente, do profissional e outros fatores. Geralmente, cada lente de contato dental custa por volta de R$ 1.500 a R$ 3.000. Vale se informar e conversar com o seu dentista de confiança para garantir os valores exatos!


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal