24.05.2021

Escova de dentes é tudo igual? Veja as diferenças entre a higiene bucal com o modelo tradicional e elétrico

Veja as principais diferenças entre a escova de dentes elétrica e a tradicional para higiene bucal
Veja as principais diferenças entre a escova de dentes elétrica e a tradicional para higiene bucal

A escova de dentes é um acessório fundamental quando o assunto é cuidar da saúde bucal. Responsável por remover o acúmulo de placa bacteriana e tártaro nos dentes, o item faz parte da lista de ferramentas que ajudam a manter a higiene bucal e, com isso, evitar uma série de complicações. Com tantas opções no mercado, sempre surge a mesma dúvida: é melhor optar por uma escova de dentes elétrica ou continuar com a tradicional? Para esclarecer essa dúvida, nós conversamos com a dentista Uila Ramos, que explicou as diferenças entre a escovação com os dois modelos de escova de dentes. Confira!

Escova de dentes elétrica vs. tradicional: entenda as diferenças entre os acessórios

Atire a primeira pedra quem nunca se perguntou as diferenças entre a escova de dentes elétrica e a tradicional. Embora tenham a mesma função, esses acessórios podem apresentar características distintas que influenciam na higiene bucal. A versão elétrica da escova de dente, por exemplo, conta com cerdas menores que facilitam a escovação. “O design diferente que a escova elétrica apresenta e a opção recarregável são as características físicas significantes e a que diferem da escova manual”, revela a dentista.

Além disso, a escova de dentes manual tende a ter um cabo mais fino se comparado ao modelo elétrico e formato da haste, cabeça e cerdas que podem variar de acordo com o fabricante. Ainda assim, de acordo com a dentista, a principal diferença entre os modelos de escova de dentes está na maneira de usar. “A escova manual necessita da habilidade do paciente em realizar os movimentos certos para cada grupo de dentes enquanto a escova elétrica desempenha os movimentos sem esforços”, afirma.

O manuseio é o diferencial entre a higiene bucal com a escova de dentes tradicional e a elétrica

Embora os dois modelos de escova de dentes apresentem características diversas, o que realmente faz diferença durante a escovação é o manuseio do acessório. “Para que a limpeza dos dentes garanta eficiência na qualidade da higiene bucal é necessário que o paciente mantenha a regularidade dos cuidados, que além do uso do fio dental, também inclui a escovação”, revela a especialista. Sendo assim, de nada adianta ter uma escova de dentes elétrica potente em mãos se você não souber manuseá-la corretamente para limpar todas as superfícies dentais.

Saiba como escolher o modelo ideal de escova de dentes

Na hora decidir a melhor escova de dentes para você, existem alguns critérios que devem ser analisados. “Leve em consideração a presença de dificuldade na higiene bucal por déficit na destreza manual”, aconselha a Dra. Uila. Se você não consegue controlar a força para escovar, por exemplo, o ideal é optar por uma escova de dentes elétrica para diminuir os riscos de recessões gengivais e desgastes das superfícies dentárias. Além disso, vale analisar as características desejáveis para uma boa escova de dentes, como o cabo reto, o haste e a cabeça da escova no mesmo plano e cerdas macias.

 

Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife
CRO-PE 10.380


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal