23.06.2022

O que causa dor no freio da língua?

A dor no freio da língua pode estar associada a disfunções anatômicas e infecções
A dor no freio da língua pode estar associada a disfunções anatômicas e infecções

Os problemas de saúde bucal não estão restritos aos dentes e à gengiva. É importante se atentar à boca como um todo e investigar quaisquer sintomas fora do habitual. Sentir dor no freio lingual pode estar associado a diferentes causas, desde questões anatômicas até doenças e infecções. Por isso, recomenda-se buscar uma avaliação odontológica para avaliar o que está por trás do incômodo e, se necessário, dar início ao tratamento adequado.

Dor no freio da língua: o que pode ser?

O freio lingual é uma estrutura anatômica que fica localizada na parte do assoalho bucal e limita os movimentos da língua. Ele está ligado a funções importantes, como a sucção, a fala e a alimentação. Pessoas com o freio lingual curto podem ter dificuldade para mastigar, deglutir, pronunciar determinadas palavras e até mesmo respirar. Além destes impactos funcionais, em alguns casos, a famosa “língua presa” pode causar dor.

Segundo a dentista Patrícia Almeida, especialista em reabilitação oral e estética, a dor embaixo da língua no freio pode ser provocada por mais de um motivo. “Desde a movimentação incorreta da língua – principalmente, se esse freio for muito curto – até mesmo infecções, que crescem de forma anormal devido a algum trauma”, alerta a profissional.

Para evitar a proliferação de agentes infecciosos na boca, é essencial caprichar na higiene oral, o que inclui a escovação adequada, o uso do fio dental e a limpeza da língua.  “A higiene só é completa se você escovar a língua. Pode ser com uma escova de dentes ou o raspador. Isso evita que bactérias se proliferem e causem, entre outros, o mau hálito”, orienta.

Como tratar a dor no freio da língua?

O primeiro passo para tratar a dor no freio lingual é verificar o que está causando o desconforto. “O ideal é procurar um dentista, porque é uma região mais difícil de acessar. Só o profissional consegue ver e identificar o problema. Não é recomendado utilizar produtos por conta própria e até mesmo receitas caseiras para curar aftas e queimaduras, pois, na maior parte das vezes, eles pioram o problema”, aconselha a Dra. Patrícia.

Em casos de anquiloglossia – quando o freio está muito curto ou muito para a frente – a cirurgia de remoção do freio pode ser uma alternativa. O procedimento recebe o nome de frenectomia e deve ser indicado e realizado por um profissional capacitado. Portanto, a avaliação individualizada com um dentista é sempre indispensável.

Por: Doris Marinho


Tags:

saúde bucal anatomia bucal

Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal