17.08.2020

Doença renal pode causar manifestações bucais? Entenda quais problemas são esses e como tratar

Entenda como doenças renais podem afetar diretamente a saúde dos nossos dentes e boca
Entenda como doenças renais podem afetar diretamente a saúde dos nossos dentes e boca

A boca é interligada com todo nosso organismo. O que significa que muitos problemas de saúde podem afetar a nosso ambiente bucal de alguma maneira. Um grande exemplo disso é o bruxismo, causado por estresse, ansiedade, depressão e outras questões emocionais. Sendo assim, é possível que outras complicações reflitam em manifestações bucais - desde a cárie, periodontite e gengivite - como as doenças renais. O Sorrisologia entrevistou a especialista em odontologia hospitalar Rhianna Barreto que esclareceu porque isso acontece.

Entenda a relação de doenças renais com a formação de problemas bucais

A função renal inadequada pode refletir em cada órgão do nosso corpo, o que acaba afetando também a cavidade bucal. De acordo com a dentista, cerca de 90% dos pacientes que possuem falha renal irão apresentar algum tipo de sintoma bucal. "A Doença Renal Crônica (DRC) caracteriza-se pelo declínio progressivo e supostamente irreversível da função renal, isso impede a homeostase, a capacidade do organismo se manter constante", revelou. Sendo assim, os portadores de DRC apresentam manifestações bucais em tecidos moles e duros relacionadas diretamente aos distúrbios fisiológicos provocados pela doença e seu tratamento.

Quais problemas bucais a doença renal pode causar?

Rhianna conta que as manifestações bucais mais prevalentes em indivíduos com DRC são:

- Periodontite;

- Palidez da mucosa bucal;

- Cálculo dentário;

- Hipoplasias de esmalte;

- Erosão dentária;

- Aumento do número de cáries;

- Hálito urêmico;

- Lesões das mucosas;

-Lesões malignas;

- Infecções por fungos.

Outras manifestações de menor prevalência são língua geográfica e hiperplasias gengivais. "É importante ressaltar que durante o tratamento odontológico desses pacientes, deve-se atentar para possíveis problemas como hemorragia decorrente de anomalias funcionais plaquetárias; hipertensão arterial; anemia; intolerância/sinergismo a drogas; maior susceptibilidade à infecção e outras alterações sistêmicas ou estomatognáticas associadas a própria patologia e ao seu tratamento", alertou.

A importância do paciente renal incluir um cirurgião-dentista em seu tratamento

O indivíduo que descuida de sua saúde bucal acaba apresentando problemas clínicos mais graves ao longo da DRC. A especialista revela o motivo: "Isso pode se dar devido à idade usualmente mais avançada dos pacientes, à ocorrência de comorbidades comuns, tais como o diabetes mellitus, à necessidade frequente do uso de múltiplas medicações e a um estado de disfunção imune".

A importância da abordagem de saúde oral como parte integrante da assistência à saúde prestada ao paciente portador de DRC deve ser ressaltada como uma maneira de contribuir para a melhoria da qualidade de vida desse paciente. Antes que qualquer tratamento odontológico seja iniciado, o cirurgião-dentista deve consultar o médico do paciente, um plano de tratamento deve ser constituído para proteger contra possíveis riscos.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Rhianna Barreto - Cirurgiã-Dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ:37448


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal