08.10.2015

Dicas para estimular a leitura entre crianças

A leitura é uma prática prazerosa e educativa que traz muito conhecimento para a criança, além de melhorar a interpretação, comunicação e criatividade
A leitura é uma prática prazerosa e educativa que traz muito conhecimento para a criança, além de melhorar a interpretação, comunicação e criatividade

Em tempos de tablet e ipad com joguinhos e redes sociais, raramente você encontra uma criança com livros nas mãos. Essa atividade tão prazerosa e educativa não pode ser esquecida. Muitas pesquisas comprovam que a criança que tem contato com a leitura desde cedo é beneficiada em muitos sentidos: ela lê melhor, desenvolve a capacidade de interpretação, pronuncia as palavras de forma correta, além de se comunicar com mais facilidade. Isso sem mencionar o conhecimento e cultura adquiridos e a capacidade de criatividade. Se seu filho ainda não adquiriu esse hábito, confira essas dicas.

Entenda o perfil do seu filho

Se a criança tem muita resistência para leitura é preciso entender se existe algum fator que motiva isso. Ela se mostra inquieta e com dificuldades para se concentrar apenas nessa tarefa ou em outras também? Além disso, repare se a criança resiste a qualquer livro ou apenas a algum específico. Pode ser que ela já tenha alguma preferência como história em quadrinhos ou os famosos mangás e, por isso, não se sinta muito confortável lendo outras coisas. É sempre importante incentivar o mínimo de variedade de gêneros, mas para começar, deixe que ele sinta-se à vontade.

Os livros recomendados

Tudo vai depender da faixa etária. Quanto menor o leitor, mais simples e curtas precisam ser as leituras. Os livros ilustrados e com letras grandes atraem mais a atenção. Fique atento com as crianças maiores sobre o conteúdo dos livros, tenha certeza de que é apropriado para a idade que ela tem.

Incentive o contato com os livros

A criança, geralmente, tem um baú de brinquedos daqueles que ela adora espalhar tudo no chão e passar uma tarde inteira se divertindo. Que tal criar um estante de livros? Mais cedo ou mais tarde seu filho vai ter a curiosidade e começar a folhear alguns exemplares. Outra dica bem legal é levá-lo em feiras e eventos de leitura, além de bibliotecas e livrarias. Dessa forma, elas podem sentir de perto a leitura, ter contato com outras crianças que estão ali com os mesmos fins e apreciar, tocar, conhecer aquele universo de livros. Isso faz toda diferença!

O uso da tecnologia

O tablet e o ipad não precisam ser retirados de uma vez por todas. Nesses próprios aparelhos é possível manter o estímulo da leitura com os chamados e-books. Embora não se compare a um livro, os eletrônicos têm suas facilidades permitindo comprar livros que, às vezes, acabou em estoque numa loja física, além de você poder carregar diversas leituras em um único espaço, evitando peso e volume para transportar. Outro diferencial é que os e-books normalmente saem muito mais baratos que modelos impressos.


Tags:

TODAS AS MATÉRIAS: bem estar