29.12.2020

Desgaste na restauração dentária: por que isso acontece? Como prevenir e fazer com que o procedimento dure por mais tempo

A restauração dentária requer alguns cuidados para garantir a sua durabilidade. Veja quais são eles!
A restauração dentária requer alguns cuidados para garantir a sua durabilidade. Veja quais são eles!

Quando se trata de cuidados com a saúde bucal, a restauração dentária é um dos procedimentos mais conhecidos e utilizados nos consultórios. Responsável por corrigir o sorriso após fraturas e surgimento de cáries, o tratamento pode ser feito com diferentes materiais e ter uma durabilidade variável. Justamente por isso, é importante ter em mente que alguns hábitos devem ser evitados para preservar a região. Pensando em te ajudar, nós conversamos com o dentista Diego Limoeiro que contou os principais motivos para desgaste na restauração dentária e como prevenir o quadro. Veja só!

Quanto tempo dura a restauração de dente?

De acordo com Diego, a durabilidade da restauração dental pode variar bastante. Isso porque a restauração pode ser feita de, pelo menos, dois materiais - resina e porcelana -, o que influencia diretamente no tempo de duração do procedimento. No caso da restauração dental feita de resina, por exemplo, esse período pode ser de 3 a 10 anos. Já com a restauração de porcelana as chances de desgastes são menores, o que prolonga o tratamento por até 13 anos.

Restauração dentária: entenda o que causa desgaste no tratamento

Embora a restauração dentária possua uma longa durabilidade, é importante lembrar que alguns fatores externos também podem influenciar na conservação do tratamento. “Bruxismo, apertamento dentário e até mesmo um dente com restauração de resina em oclusão com uma porcelana na outra arcada podem resultar no desgaste no procedimento”, explica o dentista.

Outro fator que também pode causar prejuízos ao elemento dental é a má higiene bucal, que favorece o surgimento de infiltrações no tratamento. Além disso, é importante evitar alguns hábitos que podem parecer inofensivos, como abrir garrafas com os dentes, para ajudar a minimizar os desgastes nos elementos.

Cuidados necessários para evitar o desgaste na restauração dentária

Seja de porcelana ou resina, a restauração de dente precisa de alguns cuidados diários e específicos para diminuir as chances de estragos ou desgaste do tratamento. “Embora seja comum que a restauração desgaste com o tempo, manter um acompanhamento com dentista clínico geral é fundamental para o sucesso da condição das restaurações e da saúde oral”, ressalta Diego. Além disso, existem outros hábitos que podem fazer toda a diferença na durabilidade do tratamento. Veja abaixo: 

- Realize uma boa higiene bucal diariamente, incluindo o uso de escovas de cerdas macias, fio dental e enxaguante bucal;
- Evite o uso de antissépticos à base de álcool, já que a substância pode facilitar o desgaste da restauração dentária;
- Não abra garrafas e outros objetos, como canetas, com os dentes;
- Mantenha as consultas para revisão e limpeza dos dentes em dia. Elas são a garantia de um sorriso saudável e restaurações intactas.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Diego Limoeiro - Cirurgião bucomaxilofacial / Implantodontista Pós-graduado em Cirurgia da ATM Especialista em DTM e Dor orofacial
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 31146


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal