Sensibilidade nos dentes: dentista esclarece sete dúvidas sobre o assunto
Para quem tem sensibilidade nos dentes, é importante usar uma escova de cerdas macias, não fazer muita força durante a escovação e ainda usar um creme dental para dentes sensíveis
Para quem tem sensibilidade nos dentes, é importante usar uma escova de cerdas macias, não fazer muita força durante a escovação e ainda usar um creme dental para dentes sensíveis

Publicador de Conteúdos e Mídias

7 dúvidas sobre sensibilidade nos dentes

A sensibilidade nos dentes pode ser causada por alimentos muito ácidos, bruxismo, refluxo gastroesofágico (que altera o pH da boca) e ainda por maus hábitos de escovação.

18/04/2022

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Falta de higiene bucal, maus hábitos alimentares, uso de produtos inapropriados… São muitos os fatores que podem causar (ou piorar) a sensibilidade nos dentes. Você sabia, por exemplo, que até mesmo o estresse e seus sintomas físicos podem fazer com que os dentes fiquem mais sensíveis? Para saber mais sobre o assunto, o Sorrisologia conversou com a dentista Patrícia Almeida, que esclareceu 7 dúvidas bem comuns relacionadas à sensibilidade nos dentes. 

  1. Quais os principais alimentos que causam sensibilidade nos dentes?

    De acordo com a dentista Patrícia Almeida, os alimentos corrosivos, que causam erosão dentária, são os mais prejudiciais para quem tem dentes sensíveis. “Alimentos ou bebidas ácidas, como refrigerantes, cervejas, frutas cítricas e vinagre. Eles podem causar a alteração do ph da boca, o que desgasta o esmalte, resultando em sensibilidade dentária”, explica. 

  2. É verdade que refluxo gastroesofágico pode piorar a sensibilidade dental?

    Você sabia que problemas gástricos podem piorar quadros de sensibilidade dentária? De acordo com a Dra. Almeida, ter cuidados com a alimentação e tratar problemas no estômago é um ponto importante para quem tem dentes sensíveis. “O refluxo faz com que os ácidos produzidos pelo estômago sejam ejetados indevidamente para o esôfago, ao invés de seguir o fluxo normal da digestão, podendo chegar até a boca. Ao entrar em contato com o dente, esse ácido pode causar o desgaste do esmalte e levar à sensibilidade dental”, esclarece a profissional. 

  3. Por que o clareamento dental pode deixar os dentes sensíveis?

    Assim como outros tratamentos odontológicos, o clareamento dental tende a deixar os dentes mais sensíveis, pois é feito com produtos à base de peróxido de hidrogênio, que realizam uma reação química de oxidação. No entanto, a sensação de sensibilidade deve durar apenas poucos dias após o tratamento. Caso contrário, é fundamental retornar ao dentista. 

    “O clareamento dental pode causar uma sensibilidade temporária, já que o componente de branqueamento do produto penetra no esmalte do dente. Também pode agravar o problema se for feito sem a supervisão de um cirurgião dentista, causando inflamação e sensibilidade pelo uso incorreto do produto”, destaca a Dra. Almeida.

  4. Como o bruxismo causa sensibilidade nos dentes?

    O bruxismo é uma desordem parafuncional que consiste, basicamente, em apertar ou ranger os dentes de forma repetitiva, o que pode causar dor, desgaste dentário e uma série de lesões. De acordo com a Dra. Almeida, esse problema pode ter uma relação direta com a sensibilidade nos dentes. “Pessoas que apertam ou rangem os dentes, principalmente durante o sono, precisam procurar um cirurgião dentista o mais rápido possível. Esse hábito é um dos principais causadores da sensibilidade dental, pois causa o desgaste do esmalte. A utilização da placa que evita o contato dos dentes superiores com os inferiores funciona como tratamento”, explica.

    Existem outros fatores que podem causar esse movimento repetitivo de mastigação que, por sua vez, tende a deixar os dentes sensíveis. A dentista destaca que cuidar da saúde emocional, por exemplo, também é um ponto importante. “O estresse faz as pessoas involuntariamente apertarem os dentes, o que pode levar à sensibilidade. Isso também pode acontecer com pessoas que fazem grandes esforços físicos, como levantar peso”, complementa a especialista.

  5. Escovar os dentes com força pode causar sensibilidade dentária? 

    Você sabia que maneirar na força ao escovar os dentes faz total diferença para quem tem dentes sensíveis? De acordo com a dentista, usar escovas de cerdas macias e ter cuidado com a escovação é importante para evitar o desgaste do esmalte e, assim, manter a dentina (parte interna do dente) protegida. “Quando escovamos os dentes com força, pressionamos a gengiva e eles. Isso pode causar retração gengival, deixando a raiz do dente exposta. Esse cenário, quando associado a escovas de cerdas duras, agrava o quadro de sensibilidade”, destaca.

  6. Qual o diferencial do creme dental para dentes sensíveis?

    Uma dica importante para quem tem sensibilidade nos dentes é usar um tipo de creme dental específico. A Dra. Almeida destaca que produtos para dentes sensíveis têm substâncias que ajudam a amenizar a dor e o incômodo. “Cremes dentais para dentes sensíveis possuem, em sua composição, fluoreto de estanho, que é eficaz contra a sensibilidade, já que bloqueia os canais conectados aos nervos do dente e impede que o alimento ative a dor”, explica a profissional.

  7. Sensibilidade nos dentes: como aliviar os sintomas e tratar no longo prazo

    Para quem sofre com sensibilidade nos dentes de forma frequente, é muito importante seguir as orientações de um profissional especializado e realizar mudanças no estilo de vida (em especial, na rotina de alimentação e higiene bucal). De acordo com a dentista, é necessário adotar algumas práticas básicas: “Procurar um cirurgião dentista para entender a causa da sensibilidade. Em geral, utilizar creme dental específico para sensibilidade, reduzir a frequência de alimentos ácidos, romper com hábitos de bruxismo ou apertamento (ranger ou apertar os dentes) e realizar a escovação de forma adequada, com escova de cerdas macias”, finaliza a profissional.

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias