17.11.2021

Clareamento dental e sensibilidade: entenda a relação entre os quadros

Entenda como o clareamento dental pode favorecer o surgimento da sensibilidade e saiba como evitar
Entenda como o clareamento dental pode favorecer o surgimento da sensibilidade e saiba como evitar

Quem pensa que o clareamento dental não pode trazer alguns incômodos à saúde bucal está completamente enganado. Em alguns casos, esse procedimento odontológico pode causar a sensibilidade nos dentes. Por esse motivo, o acompanhamento profissional é fundamental para garantir o sucesso do clareamento dentário.

Mas você sabe por que isso acontece? Ou como o processo de clarear os dentes pode favorecer o quadro? Para não deixar dúvidas sobre o assunto, conversamos com a dentista Uila Ramos, de Pernambuco, que explicou a relação entre a sensibilidade e o clareamento dental caseiro e profissional.

O clareamento dental é um procedimento que pode contribuir para sensibilidade 

Não é difícil encontrar pacientes que tenham lidado com a sensibilidade nos dentes após clareamento. Acontece que, em alguns casos, o quadro pode ser um dos efeitos colaterais causados pelo procedimento. De acordo com a dentista, o motivo por trás do dente com sensibilidade é o ativo clareador. “O mecanismo de ação dos géis clareadores consiste de uma reação que libera radicais livres de oxigênio. Portanto, existe a possibilidade da sensibilidade dental durante o tratamento”, revela Uila.

Justamente por isso, é importante o acompanhamento profissional durante o clareamento dental para minimizar e até mesmo evitar este efeito. “O cirurgião dentista necessita administrar bem o tempo de aplicação do gel de clareamento dentário, a concentração do líquido e utilizar o dessensibilizante sobre os dentes tratados”, afirma a especialista.

Sensibilidade nos dentes: como aliviar o quadro após o clareamento?

Se você está lidando com a sensibilidade nos dentes após o clareamento, não precisa se desesperar. Ao contrário do que muitos pensam, existem formas simples de tratar o quadro. No entanto, a escolha das medidas utilizadas pode variar de acordo com o nível da sensibilidade dentária e as respostas que os dentes apresentam. 

“As abordagens podem abranger o uso de dentifrícios específicos para dentes sensíveis, fluorterapia, dessensibilizantes, técnica adesiva, laserterapia, restaurações dentais, tratamento endodôntico ou cirurgias mucogengivais”, afirma a dentista. Sendo assim, o ideal é consultar o seu dentista de confiança para garantir os cuidados ideais para o seu caso. Lembre-se: o uso de creme dental para sensibilidade e outros produtos não devem ser feitos sem o acompanhamento profissional.  

Sensibilidade nos dentes: sintomas podem ser evitados com alguns cuidados 
 

  • Evite o consumo excessivo de bebidas e alimentos ácidos 

     

  • Trate o bruxismo e outros hábitos parafuncionais que causam danos aos dentes com perda de estrutura dental
     
  • Adeque os movimentos e a força utilizada durante a higiene bucal

     

  • Impeça o choque térmico durante a alimentação através do consumo de alimentos muito quentes com bebidas muito geladas

     

  • Realize o clareamento dental com acompanhamento profissional 

 

 

Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife
CRO-PE 10.380


Tags:

Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: