28.05.2021

Aparelhos invisíveis podem substituir os aparelhos extrabucais?

É possível substituir o aparelho extrabucal pelo aparelho invísivel? Veja o que diz uma especialista!
É possível substituir o aparelho extrabucal pelo aparelho invísivel? Veja o que diz uma especialista!

Dentre os diferentes tipos de aparelho ortodôntico, o modelo invisível é certamente um dos mais recomendados para quem não quer ter um sorriso metálico durante o tratamento. Mais discreto e moderno do que o aparelho dental fixo, ele é feito com uma pequena película transparente removível para corrigir os dentes desalinhados. Mas será que ele pode substituir alguns modelos mais indiscretos, como o aparelho extrabucal? Para esclarecer essa dúvida, conversamos com a dentista Rita Ventura, que é especialista em ortodontia. Veja só!

Aparelho invisível vs. aparelho extrabucal: entenda as características de cada modelo

Muito se fala sobre esses tipos de aparelho ortodôntico, mas você sabe as características de cada um deles? De acordo com a ortodontista, o aparelho invisível funciona como uma moldeira com película fina removível e transparente feita de silicone ou acetato. “Ele serve para corrigir pequenos problemas de alinhamento dos dentes e pode ser removido a qualquer momento para higienização", afirma.

Por outro lado, o aparelho extrabucal - conhecido pelo seu design pouco discreto - é caracterizado pelos apoios externos na boca, cabeça ou face. “Geralmente, esse tipo de aparelho ortodôntico é utilizado quando é necessário aplicar uma força elevada nos ossos do rosto para estimular ou restringir o crescimento”, explica a dentista. Justamente por isso, o aparelho extrabucal tende a ser a melhor opção para crianças, adolescentes ou pacientes que apresentam deficiência e excesso de crescimento da maxila.

Afinal, o aparelho invisível pode ser substituído pelo aparelho extrabucal?

Embora o aparelho invisível seja a principal opção para quem busca um tratamento ortodôntico mais discreto, a dentista revela: nem sempre o modelo é o mais indicado para o seu quadro. Pacientes que usam o aparelho extrabucal pelo invisível, por exemplo, não devem optar pelo modelo mais moderno e discreto. “O aparelho invisível é utilizado apenas para problemas menos acentuados, enquanto os extrabucais são para dar uma força a mais no aparelho quando o problema é muito grave”, conta a especialista. Ou seja: em casos de desalinhamento mais severos, o aparelho invisível não exerce uma força suficiente para promover a movimentação dos dentes.

Independente do aparelho ortodôntico escolhido, a higiene bucal é fundamental

Se você pensa que o uso do aparelho invisível requer menos cuidados, está completamente enganado! Na verdade, todos os modelos de aparelho ortodôntico exigem alguns cuidados específicos, especialmente em relação à higiene bucal. Para garantir uma boa limpeza, escovas com cerdas macias são a melhor opção, assim como o fio dental e o enxaguante bucal. Lembre-se: uma escovação completa dos dentes é a sua principal arma contra o acúmulo de placa bacteriana e doenças periodontais que podem prejudicar o seu sorriso.

Esse artigo teve a participação profissional de:
Rita Ventura - Cirurgiã dentista, ortodontista, especialista em Harmonização Facial e estética dental.

CRO: 42601


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal