01.07.2021

Usar carvão ativado na higiene bucal é benéfico?

Entenda como o carvão ativado age na superfície dentária e os cuidados necessários durante o uso desse ativo
Entenda como o carvão ativado age na superfície dentária e os cuidados necessários durante o uso desse ativo

Você sabe o que é carvão ativado? Conhecido pelo seu potencial de limpeza profunda, o mineral tem conquistado cada vez mais espaço na rotina de higiene bucal dos pacientes. Na prática, a pasta de dente com carvão ativado promete uma escovação mais eficaz e até mesmo a remoção de manchas do sorriso em casa. Mas será que o seu uso é seguro? Para desvendar esse mistério, nós conversamos com a dentista Julliane Gonzalez, que revelou se o carvão ativado é benéfico para saúde bucal.

Carvão ativado: para que serve?

Antes de entender a função do carvão ativado na odontologia, é importante ter em mente que o ativo não é o mesmo utilizado na cozinha. Embora seja do mesmo material, ele possui origem vegetal. Nesse sentido, a dentista explica: o carvão ativo é uma substância de carbono com alta porosidade - o que justifica a sua fama por remover impurezas dos dentes. Além de promover um “detox”, esse ingrediente é conhecido também por ser usado em produtos para a pele, cabelo e até mesmo pasta de dente com a função de clarear manchas.

Carvão ativado: dentes podem ser beneficiados pelo ativo?

Embora a pasta de dente com carvão ativado seja conhecida por eliminar manchas do sorriso, é importante ficar atento com o uso deste produto. De acordo com a especialista, a utilização constante do carvão ativado não possui eficácia comprovada e pode causar prejuízos à superfície dentária. Isso porque o ingrediente conta com substâncias extremamente abrasivas que, ao longo do tempo, podem desgastar o esmalte dentário e gerar recuo das gengivas.

Após o uso contínuo do carvão ativo, o resultado são dentes expostos à infecções, sensibilidade dentária e outros problemas bucais. Por isso, ainda que os produtos com carvão ativado sejam vendidos como clareadores e aliados da higiene bucal, é importante estar atento aos prejuízos que o ativo pode trazer para o seu sorriso.

Quer clarear os dentes sem prejudicá-los? Evite o uso do carvão ativado!

Se você pensa em utilizar o carvão ativado para clarear os dentes, saiba que existem formas mais seguras para garantir um efeito whitening. “O ideal é não usar produtos, como a pasta de dente com carvão ativado, já que existe outras opções no mercado que trazem mais benefícios”, aconselha a dentista. O clareamento dental no consultório, por exemplo, é um deles. Nesse método, o profissional usa um produto clareador de alta concentração que permite dentes claros já na primeira sessão.

Outras técnicas para clareamento dental que também podem substituir o carvão ativado são a aplicação de facetas de porcelana ou resina e o clareamento caseiro supervisionado. No último, o paciente deve utilizar uma seringa com o gel clareador e uma moldeira em casa, sendo supervisionado pelo dentista. Antes de fazer a sua escolha, o ideal é consultar um dentista para decidir o melhor tipo de tratamento para o seu caso. Evite o uso do carvão ativado por conta própria e preserve a saúde dos seus dentes!

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Julliane Gonzalez - Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Iguaçu. Pós-graduanda em prótese dentária na Universidade Iguaçu.
CRO-RJ: 49513


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal