11.08.2021

Ultrassom dental: saiba para que serve esse aparelho

O ultrassom odontológico é essencial no tratamento de algumas doenças bucais. Entenda!
Ultrassom dental: saiba para que serve esse aparelho
O ultrassom odontológico é essencial no tratamento de algumas doenças bucais. Entenda!
O ultrassom odontológico é essencial no tratamento de algumas doenças bucais. Entenda!

O ultrassom odontológico é um dos instrumentos tecnológicos mais utilizados nos consultórios. Conhecido como um grande aliado na higiene bucal do paciente, o ultrassom dental também pode ser usado em outros procedimentos. Mas você sabe de que forma isso acontece? Ou quais são os benefícios do ultrassom dentário para sua saúde bucal? O Sorrisologia te explica o que você precisa saber sobre o assunto com a ajuda da dentista Uila Ramos, do Rio de Janeiro! 

Ultrassom odontológico: o que é?

Embora o ultrassom dental seja um instrumento comum nos consultórios, é normal que alguns pacientes não saibam no que consiste o procedimento. De acordo com a especialista, o ultrassom odontológico é um equipamento utilizado nas áreas de periodontia, endodontia, dentística e, principalmente, nas limpezas dentais. “Ele costuma ser usado na remoção de placa bacteriana, na raspagem e alisamento coronário-radicular no tratamento periodontal, além da remoção de manchas nos dentes”, afirma a especialista. Na prática, o ultrassom odontológico funciona mediante uma corrente elétrica alternada que gera oscilações dentro da peça de mão, removendo a placa bacteriana com as vibrações da sua ponta. 

Os benefícios do ultrassom odontológico para saúde bucal

Por ser um instrumento coringa nos consultórios odontológicos, o ultrassom dental pode trazer uma série de benefícios para o paciente. A redução do tempo clínico do tratamento, por exemplo, é o principal entre eles. Outra vantagem do aparelho odontológico destacado pela especialista é a sua eficácia. “Ele é bastante eficiente na remoção do biofilme dental e promove uma boa assepsia, facilitando o trabalho do cirurgião-dentista”, ressalta a Dra Uila. Além disso, o ultrassom dentário tende a ser mais confortável para o paciente. Na prática, isso pode ajudar no tratamento de pacientes que têm receio de sentir dor ou desconforto durante o atendimento odontológico. 

Em quais casos o ultrassom odontológico pode ser utilizado?

O ultrassom dental surge como uma alternativa para solucionar uma série de problemas bucais, que vão desde de um tratamento periodontal à intervenção cirúrgica. Justamente por isso, o instrumento pode ser utilizado em diferentes situações da odontologia. Veja, a seguir, os principais casos em que o ultrassom odontológico pode ser aproveitado.

  • No tratamento periodontal: nesse caso, o ultrassom odontológico é usado para remoção da placa bacteriana e desbridamento das superfícies radiculares que acumulam o tártaro. Sendo assim, ele funciona como um aliado no restabelecimento da saúde periodontal.

  • No tratamento endodôntico: para surpresa de alguns, o ultrassom dental também é capaz de promover a limpeza dos canais radiculares e remover de nódulos calcificados pulpares. Além disso, o instrumento também pode ajudar a eliminar remanescentes de tecido pulpar e tecido necrótico nos canais laterais e áreas de istmo. 

  • Em intervenções cirúrgicas: cortes mais precisos e seletivos nas áreas cirúrgicas podem ser garantidos com o uso do ultrassom odontológico. Nesse sentido, o instrumento pode ser utilizado em osteotomias, cirurgia ortognática, levantamento do seio maxilar, cirurgias parendodônticas e outras aplicações cirúrgicas.


Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife
CRO-PE 10.380


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal