24.08.2020

Tratamento ortodôntico durante a quarentena: como fazer as consultas de manutenção? Quais cuidados ter nesse período?

Veja como fica o tratamento ortodôntico durante a quarentena e quais cuidados deve praticar em casa
Veja como fica o tratamento ortodôntico durante a quarentena e quais cuidados deve praticar em casa

Com o coronavírus, a vida de todo o mundo foi afetada - inclusive a dos dentistas! A rotina dos consultórios odontológicos precisou ser interrompida devido à quarentena e o mesmo acabou acontecendo com os pacientes em tratamentos ortodônticos. Como ficou a manutenção do aparelho ao longo desse tempo? Quais cuidados bucais os pacientes precisam ter durante a pandemia? O Sorrisologia conversou com o especialista Wagner Sales que explicou como a ortodontia está encarando esse novo normal.

Como fica o tratamento ortodôntico durante a quarentena?

O tratamento ortodôntico na quarentena foi encarado em dois pontos de vista diferentes: os pacientes que usam aparelhos tradicionais e aqueles que utilizam alinhadores ortodônticos removíveis. Para simplificar, o especialista resume o que aconteceu nesse tempo de pausa em cada caso:

“Os pacientes que estão em tratamento ortodôntico com aparelhagem fixa realmente se viram durante a pior fase da pandemia com seus tratamentos parados, mas é importante informar que o sistema continua ativo por um período prolongado. Já os aqueles que são tratados com alinhadores, se não tinham nenhuma intervenção marcada no período, continuaram recebendo o tratamento normalmente”, garantiu.

Cuidados com o aparelho ortodôntico durante a pandemia

De acordo com Wagner, nesse tempo de pandemia é importante ter um cuidado especial com a limpeza do aparelho, seguindo as orientações do seu ortodontista. “Se alguma peça soltar, entre em contato com o especialista o quanto antes para verificar a necessidade de recolocação ou aguardar um momento mais propício”, assegurou.

É possível recuperar o tempo perdido do tratamento ortodôntico?

Essa “pausa” causada pela quarentena infelizmente não pode ser recuperada. Mas o profissional diz que ela não é tão grande quanto se pensa, principalmente no caso dos aparelhos fixos - isso se o paciente cuidar bem do aparelho obedecendo as recomendações do último ajuste.

Já nos alinhadores, em casos bem planejados, que não precisam de ajustes e o paciente usa de acordo com o protocolo, não existe “pausa”, já que o tratamento continuou sendo realizado. “No geral, o paciente deve manter o cuidado para evitar danos ao aparelho fixo e realizar uma higiene adequada, assim como nos alinhadores”, recomendou.

Como ficam as consultas de manutenção do aparelho?

As consultas de manutenção ortodôntica nesse período podem ser feitas, só que em horários mais espaçados de um paciente para o outro. Também deve-se verificar se o ortodontista está adequado às normas de EPI (equipamento de proteção individual). “O ideal é evitar o acúmulo de muitos pacientes na recepção - preferencialmente uma por vez, ou respeitando o distanciamento e o uso de máscaras - e não levar ao consultório acompanhantes sem necessidade”, finalizou.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Wagner Sales Alviano - Odontologia e Ortodontia
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 23515


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal