Teste do dentinho: o que é? Descubra como prevenir a saúde bucal do seu filho através de um aplicativo

Saiba mais sobre o aplicativo que promete ajudar na prevenção de diversos problemas bucais
Saiba mais sobre o aplicativo que promete ajudar na prevenção de diversos problemas bucais

Você já imaginou poder prever o futuro da saúde bucal do seu filho? É o que promete o "Teste do Dentinho", o aplicativo desenvolvido por dois dentistas brasileiros. Parecido com o famoso teste do pezinho, o projeto busca realizar uma série de exames para identificar a evolução da dentição da criança até a fase adulta e, assim, prever possíveis problemas bucais antes do seu surgimento. Para entender um pouco mais sobre o assunto, o Sorrisologia convidou a dentista Aline Giampietro que contou as principais vantagens do aplicativo.

Entenda como funciona o aplicativo “Teste do Dentinho”

Com o objetivo de facilitar a prevenção de problemas dentários em crianças, o aplicativo “Teste do Dentinho” foi criado por dois dentistas brasileiros, Patrick Marlon Palhano, de Itajaí, e pelo odontopediatra Andrigo Beber, de Blumenau. Nele, o paciente realizará exames desde que o nascimento do primeiro dentinho do bebê e, assim, repeti-los conforme os outros elementos apareçam. Dentre as avaliações, estão a estrutura do dente e a sua composição, que são os fatores responsáveis por indicar tendências a cáries, perdas dentárias e, até mesmo, uma possível irregularidade na arcada dentária. Dessa forma, o aplicativo também promete reduzir os custos de futuros tratamentos odontológicos, já que através do diagnóstico precoce é possível tratar os quadros antes que eles se desenvolvam.

O aplicativo pode ajudar a prevenir o uso do aparelho ortodôntico

Não é novidade que o aparelho ortodôntico é um dos tratamentos mais evitados entre os pacientes. A boa notícia é que, com o uso do “Teste do Dentinho”, é possível evitar esse procedimento. “O aplicativo é algo inovador e que promete um avanço no diagnóstico precoce quanto à necessidade de correções ortodônticas e ortopédicas funcionais”, explica a dentista Aline. Além da importância para a ortodontia, a ferramenta também pode trazer benefícios para o tratamento de cáries. “Ele promete mostrar se o paciente terá ou não lesões de cárie, o que tende a estar um pouco mais distante da realidade, devido a falta de acompanhamento diário da dieta e dos hábitos de higiene bucal do paciente, mas que pode ser possível no futuro”, afirma.

Cuidados na infância podem garantir a saúde bucal na fase adulta

Você já deve ter ouvido falar que os cuidados com a saúde bucal devem começar desde cedo, certo? O motivo por trás disso é bem simples: uma criança com bons hábitos é sinônimo de um adulto com dentes saudáveis. Por essa razão, a especialista ressalta sobre a importância de ensinar alguns cuidados para os pequenos. “O adulto deve realizar a sua higiene bucal na presença da criança, explicando sobre a necessidade de tais manobras. Enquanto bebê, a higiene de ambos deve acontecer da maneira mais lúdica possível”, revela.

Para tornar essas atividades mais prazerosas para os pequenos, a dentista adianta: “Brinque enquanto se ensina a cuspir o creme dental, cante durante a escovação, vá até o lavabo com alegria... Essas pequenas atitudes podem ajudar a motivar o pequeno”. Além disso, é fundamental manter o acompanhamento com um odontopediatra desde os primeiros cem dias de vida da criança.

Drª Aline Giampietro
Especialista em Odontopediatria
Especialista em Odontologia Hospitalar pelo Hospital Israelita Albert Einstein
Pós-Graduanda em Ortodontia e ortopedia facial.
CRO: 83.818 / SP


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal infantil