28.09.2021

Sensibilidade nos dentes: o que fazer para evitar o quadro?

Veja o que causa sensibilidade nos dentes e os cuidados necessários para prevenir o quadro
Sensibilidade nos dentes: o que fazer para evitar o quadro?
Veja o que causa sensibilidade nos dentes e os cuidados necessários para prevenir o quadro
Veja o que causa sensibilidade nos dentes e os cuidados necessários para prevenir o quadro

A sensibilidade nos dentes é um verdadeiro pesadelo para qualquer paciente. Responsável por causar dores agudas e bastante desconforto, o quadro pode estar relacionado a outros problemas bucais, como cárie, doenças gengivais e fraturas. Por isso, é tão importante descobrir o que causa sensibilidade nos dentes, seus principais sintomas e métodos de prevenção.

Para manter a saúde bucal sempre em dia, é fundamental manter as consultas periódicas ao dentista e uma boa rotina de higiene bucal. Mas será que existem outras maneiras de evitar essa condição? Confira, a seguir, algumas dicas de como acabar com sensibilidade nos dentes de acordo com um especialista. 

Sensibilidade nos dentes: o que pode ser?

A sensibilidade dentária, também conhecida como hipersensibilidade dentinária, ocorre quando o esmalte dental está desgastado. Na prática, isso provoca uma dor aguda durante a ingestão de alimentos e bebidas quentes, geladas ou ácidas - já que os mesmos atingem as terminações nervosas que levam a polpa dentária.

Justamente por isso, a sensibilidade nos dentes pode ser ocasionada por qualquer fator que possa desgastar o esmalte dentário. “A escovação forçada ou excessiva, má higiene bucal, dietas muito ácidas ou fraturas dentárias são algumas das causas para o quadro”, afirma o dentista Djalma Faria.

Sensibilidade nos dentes: o que fazer para evitar o quadro?

Ainda que descobrir o que causa sensibilidade nos dentes possa facilitar a prevenção do quadro, é comum que surjam dúvidas sobre o assunto. Afinal, existem diversos fatores que podem favorecer o surgimento dos problemas que causam a sensibilidade dental. Para te ajudar a evitar dentes sensíveis, o dentista Djalma Faria reuniu algumas dicas valiosas:

Além disso, é através das consultas periódicas que o profissional pode realizar a limpeza dos dentes e a aplicação de flúor - que funciona como medida de prevenção para sensibilidade dental. “O flúor na cavidade bucal atua no fechamento dos túbulos dentinários expostos, aliviando a dor e o desconforto”, conta o especialista. Por isso, lembre-se: nada de faltar às consultas ao dentista.

  • 1) Escolha uma escova de dentes com cerdas macias

    Você pode até duvidar, mas a escolha da sua escova de dentes pode influenciar diretamente na sensibilidade dos dentes. Isso porque o modelo utilizado pode favorecer o desgaste do esmalte dentário, resultando na sensibilidade dental e até mesmo na necessidade de um tratamento de canal. Por isso, o dentista adianta: o ideal é usar uma escova de dentes extra macia e não utilizar força em excesso durante a escovação.

  • 2) Use um creme dental para sensibilidade nos dentes

    O creme dental para sensibilidade nos dentes desempenha um papel fundamental na prevenção do quadro. Isso tudo graças à presença de fluoreto de estanho em sua composição. “Esse composto é responsável por bloquear os canais conectados aos nervos dos dentes, impedindo que alimentos ou elementos externos, como o frio, provoquem a sensibilidade nos dentes”, relaciona o dentista. Mas, antes de incluir o produto na sua rotina de higiene bucal, é importante consultar um profissional para garantir o uso adequado.

  • 3) Opte por uma alimentação equilibrada para prevenir a sensibilidade nos dentes

    Há diversas doenças bucais que podem ser favorecidas pela má alimentação dos pacientes. A sensibilidade dental, por exemplo, pode ser provocada pelo consumo excessivo de alimentos ácidos, que causam a desmineralização do esmalte dental. Quando ocorrido, o quadro deixa os túbulos dentinários expostos e suscetíveis a sensibilidade nos dentes.

    Por isso, oferecer uma alimentação balanceada é imprescindível para proteger a sua saúde bucal e, assim, proporcionar mais qualidade de vida. “O ideal é evitar alimentos ácidos, doces ou muito quentes ou frios”, aconselha Djalma.

  • 4) Mantenha consultas periódicas com dentista para avaliação e aplicação de flúor

    As visitas regulares ao dentista são muito importantes para a prevenção da sensibilidade nos dentes. O profissional pode te indicar a rotina de higiene bucal mais adequada para o seu caso, dar dicas de cuidados e identificar possíveis problemas bucais.

 

Este artigo contou com a participação de:
Djalma Faria - Ortodontista formado pela Universidade Federal de Alfenas. Especialista no sistema invisalign, ortodontia funcional dos maxilares e ortodontia autoligavel.
CRO-SP: 59104


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal