07.12.2020

Qual é o melhor tipo de implante dentário? Especialista recomenda a melhor reabilitação após a perda do dente

Se você precisa usar implante dentário, conheça a melhor opção para o seu sorriso!
Se você precisa usar implante dentário, conheça a melhor opção para o seu sorriso!

O implante dentário é a opção mais recomendada pelos dentistas quando se trata da reabilitação de um dente perdido ou extraído. Além de ser um procedimento seguro e rápido, quando feito por um profissional habilitado, a técnica também garante mais conforto e comodidade ao paciente. Mas entre tantos tipos de implantes presentes no universo odontológico, qual é aquele mais indicado pelos dentistas? O Sorrisologia entrevistou a especialista Rita Ventura que sugeriu a melhor opção.

Quais são os tipos de implante dentário? Conheça as características e benefícios de cada um

Implante único (unitário simples): esse tipo é indicado em casos de perda de poucos destes não sequenciais - ou seja, quando não ficam um ao lado do outro. "É uma técnica que realiza a fixação de um pino de titânio no local do dente perdido que pode ser colocado após a extração do dente perdido", detalhou a dentista.

Implante duplo: esse é recomendado para quem tem a ausência de três dentes vizinhos. Rita explica como ocorre a implantação: "Neste procedimento, é utilizado a fixação dos pinos que funcionam como raízes artificiais e a coroa, formando uma espécie de ponte entre dois dentes com pinos e o que está no meio". Esse implante possui muitos benefícios, como a redução de custo do tratamento e é uma ótima opção para quem quer preencher a falta de três dentes.

Implante com prótese protocolo: o modelo utiliza de quatro a oito implantes para sustentar uma prótese, por isso é indicado para os casos em que grande parte dos dentes está comprometida. "Neste implante a prótese é fixa, o que facilita a mastigação", esclareceu a especialista.

Implante com prótese overdenture: a principal vantagem deste modelo é o preço e é considerado uma das alternativas mais em conta já que para fixar a prótese, o dentista usará cerca de dois a seis implantes em média. "Este implante funciona como uma dentadura fixa por meio de uma barra que liga os pinos à prótese e por ser uma prótese móvel, isso facilita a higienização", contou Rita.

Implante zigomático: este é o procedimento mais indicado para pacientes com atrofia maxilar severa. Nesse caso os pinos são fixados no osso zigomático, ou seja, na maça do rosto. Essa técnica substitui as próteses totalmente removíveis.

Qual é o melhor tipo de implante dentário?

"Sem dúvidas o implante de titânio é o mais indicado, pois este tipo de material é inerente ao osso, ou seja, não causa rejeição pelo organismo", garantiu a dentista. De acordo com especialistas, o material oferece de 30% a 80% a mais de contato entre o osso e o implante, acelerando o processo de cicatrização e conquistando mais longevidade.

7 cuidados para se ter com o implante dentário

Após colocar o implante, é importante tomar os medicamentos recomendados pelo dentista, esse passo é essencial para quem se submete à uma cirurgia bucal. Depois do pós operatório, alguns cuidados vão ficar para sempre na sua vida, como:

1. Para de fumar;

2. Fazer a higiene bucal adequada depois das refeições;

3. Adotar uma alimentação mais balanceada;

4. Abandonar maus hábitos bucais, como abrir garrafa com os dentes;

5. Parar de roer unhas;

6. Não morder objetos muito duros;

7. Fazer o acompanhamento regular com o seu dentista.

É imprescindível realizar visitas periódicas para verificar como está o seu implante e garantir que não aconteça nada que possa prejudicar a sua saúde bucal.

Esse artigo teve a participação profissional de:

Rita Ventura
Cirurgiã dentista, ortodontista, especialista em Harmonização Facial e estética dental.
CRO: 42601


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal