07.10.2021

Quais as diferenças entre a limpeza e a raspagem de tártaro?

A limpeza dental e a raspagem de tártaro são importantes para sua saúde bucal. Saiba mais.
Quais as diferenças entre a limpeza e a raspagem de tártaro?
A limpeza dental e a raspagem de tártaro são importantes para sua saúde bucal. Saiba mais.
A limpeza dental e a raspagem de tártaro são importantes para sua saúde bucal. Saiba mais.

Os cuidados diários com a higiene bucal desempenham um papel fundamental na prevenção de incômodos e doenças periodontais, em especial, a gengivite e a periodontite. Além disso, é importante recorrer periodicamente a procedimentos feitos em consultório, como a limpeza e raspagem de tártaro. Ambos têm como objetivo a manutenção da saúde bucal, mas são realizados com técnicas e instrumentos distintos. 

Segundo a cirurgiã-dentista Vivian Marques, “a raspagem e a limpeza dental (também conhecida como profilaxia) são procedimentos realizados pelo profissional cirurgião-dentista, que visam manter a saúde bucal do indivíduo, prevenindo principalmente as doenças periodontais que estão intimamente relacionadas a doenças sistêmicas, como diabetes, hipertensão, asma, pneumonia e até mesmo Covid-19”. 

O que são limpeza e raspagem nos dentes? Entenda as diferenças

É válido entender qual a diferença entre profilaxia e raspagem de tártaro. “Ambas visam a manutenção da saúde bucal e prevenção de doenças. Elas apresentam técnicas, métodos e instrumentos distintos. A limpeza é mais complexa e é feita em várias etapas, sendo a raspagem uma delas. Já a raspagem é a remoção de cálculo dental (tártaro) e é, também, uma das etapas da limpeza”, orienta a cirurgiã-dentista. 

Para saber quando cada procedimento é recomendado, é essencial passar por uma avaliação individualizada com o(a) dentista. 

Limpeza dental: como é feita? 

Ter em mente o que é limpeza dental e como ela é realizada pode facilitar a experiência do paciente no consultório odontológico. O cirurgião-dentista é o profissional qualificado para explicar como fazer limpeza dental (ou profilaxia) e com que frequência o procedimento é indicado. 

De acordo com a Dra. Vivian, “a limpeza deve ser realizada periodicamente e os intervalos devem ser definidos de acordo com cada caso”. A seguir, a profissional descreve como funciona a limpeza dental, que tem como foco remover o biofilme - massa acumulada de sujeira - dos dentes.

  • 1ª etapa: raspagem supra gengival

    “Pode ser feita de forma ultrassônica com aparelho ou de forma manual com as curetas periodontais, através disso é removido o cálculo dental (tártaro)”, explica a cirurgiã-dentista. 

  • 2ª etapa: profilaxia

    Segundo a especialista, a profilaxia “é realizada com escova de Robson ou taça de borracha e pasta profilática, que é mais abrasiva do que as pastas utilizadas normalmente”. 

  • 3ª etapa: jato de bicarbonato

    Após a profilaxia, é utilizado um jato de bicarbonato: uma solução de água e bicarbonato de sódio de alta pressão para remover impurezas que ainda possam estar sobre a superfície do dente. “É feito o jateamento de acordo com a necessidade de cada paciente”, orienta a Dra. Vivian. 

  • 4ª etapa: aplicação tópica de flúor

    Por último, aplica-se o flúor no local, que ajuda a recuperar a camada superficial dos dentes que foi removida durante as etapas anteriores. 

Como é feita a raspagem do tártaro? 

Alguns profissionais encaram a raspagem de tártaro como um dos passos já inclusos na limpeza dental. Porém, o procedimento também pode ser feito separadamente para remover as massas calcificadas de sujeira nos dentes. Segundo a cirurgiã-dentista, “a raspagem é realizada em pacientes que sofrem com acúmulo de cálculo, além de pacientes periodontais”.
Ela também explica como fazer raspagem de tártaro: “a raspagem pode ser dividida em supra (quando é retirado o tártaro mais visível do dente, com curetas ou ultrassom odontológico) e sub gengival (casos de remoção do tártaro que está abaixo da linha da gengiva, é realizado com curetas que só apresentam lâmina cortante de um lado, para não machucar a gengiva)”. Ambos os métodos devem ser realizados em consultório por um profissional. 

Este artigo tem a contribuição da especialista:
Vivian Marques - Cirurgiã dentista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestranda em Odontopediatria pela UFRJ
CRO 50874

Redação: Dóris Marinho


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal