22.10.2020

Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de prevenir

Conheça todos os benefícios da profilaxia dentária e as doenças bucais que o procedimento consegue evitar
Conheça todos os benefícios da profilaxia dentária e as doenças bucais que o procedimento consegue evitar

Ir ao dentista tem uma porção de vantagens. Desde tratar uma incômoda dor de dente, até fazer um tratamento de canal, esse profissional consegue cuidar da saúde bucal de seus pacientes de diversas maneiras. Outro motivo importante para manter a regularidade das visitas odontológicas é a profilaxia dentária. Você já realizou o procedimento esse ano? O Sorrisologia entrevistou a dentista Sandra Regina que esclareceu os benefícios da limpeza profissional. 

O que é profilaxia dentária? Entenda a função dessa limpeza

Conhecida popularmente como limpeza, a profilaxia é a remoção do cálculo dental, o temido tártaro, através do refinamento com curetas manuais, polimento e aplicação típica de flúor. O principal objetivo desse procedimento é prevenir a formação de doenças bucais e dentárias. "O tratamento deve ser realizado em todos os pacientes sem exceção, de crianças a adultos - os pequenos, inclusive, devem fazer a prevenção desde que nasce o primeiro dente de leite" ressaltou a especialista. 

"Por que devo fazer profilaxia dentária?" Conheça todos os benefícios do procedimento

A dentista explica: "O paciente deve realizar tal procedimento para manter um sorriso limpo e saudável". Além conservar o visual em dia, a profilaxia dentária ajuda a prevenir inúmeras doenças, tais como: cáries, gengivite, periodontite, diminuindo a quantidade de microrganismos na cavidade oral. Outra vantagem dessa limpeza é que, se o cirurgião dentista identificar algum problema durante a técnica, vai encaminhar o paciente para um tratamento adequado, de acordo com a especialidade necessária. Você e seu sorriso só têm a ganhar!

De quanto em quanto tempo é necessário fazer a profilaxia dentária?

Tudo vai depender do estado de saúde bucal do paciente. Mas, o ideal e mais recomendado é realizar a profilaxia dentária como prevenção de seis em sei meses, ou seja, semestralmente. Assim você não vai se preocupar com o acúmulo de placa bacteriana e nem todos os problemas que essa vilã é capaz de proporcionar. 

6 problemas bucais que a profilaxia dentária previne

1. Placa bacteriana;

2. Tártaro;

3. Cárie dentária;

4. Mau hálito;

5. Gengivite;

6. Periodontite.

Mantendo essas doenças bucais longe do seu sorriso, você consegue prevenir a perda dentária e garantir uma vida mais longa e saudável ao seu cartão de visitas. 

Esse artigo contou com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres - Cirurgiã-dentista e especialista em traumatologia
São Paulo - SP
CRO-SP: 113237


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal