21.10.2021

Por que preciso do implante dental?

Implante dentário é indicado para pessoas que perderam algum dente. O procedimento reúne uma série de benefícios para a saúde bucal.
Por que preciso do implante dental?
Implante dentário é indicado para pessoas que perderam algum dente. O procedimento reúne uma série de benefícios para a saúde bucal.
Implante dentário é indicado para pessoas que perderam algum dente. O procedimento reúne uma série de benefícios para a saúde bucal.

Implante dental é um tratamento que consiste na colocação de uma prótese no lugar de um dente perdido. O procedimento oferece não apenas benefícios estéticos ao paciente, mas também melhora a mastigação e recupera a estabilidade da arcada dentária. Por isso, vale a pena investir na implantação, pois a ausência de um dente pode trazer prejuízos para a saúde bucal e até mesmo do sistema digestivo, pois compromete a trituração dos alimentos. 
Conversamos com o Dr. Márcio Ramos para saber como é feito implante dentário e a importância de investir nesse cuidado. 

Implante dentário ajuda a melhorar a mastigação e as funções bucais do paciente

O implante dentário é um procedimento que visa substituir um dente ausente. Para isso, o dentista fixa um pino no osso do maxilar, cuja função é atuar como um suporte para uma prótese dentária. De acordo com o Dr. Márcio Ramos, o implante  desempenha boa parte das atividades mastigatórias e estéticas do anterior, sendo fundamental para a manutenção da saúde bucal. “Se você tem um espaço vazio pela perda de um dente após alguns anos, todos os outros dentes se movimentam e geram um desequilíbrio na arcada dentária”, explica. 

O dentista explica que a prótese possui uma aparência muito semelhante a um dente natural. Além da vantagem estética, a implantação também melhora a qualidade de vida do paciente em diferentes aspectos.  “A ausência de um dente pode ocasionar lesões na articulação da mandíbula e até no nível da coluna vertebral. Por incrível que pareça, mexe com todo o corpo humano a ausência de um só dente”, cita. 

Um dos mais beneficiados pela colocação de uma prótese dentária é o sistema digestivo. Todos os dentes da boca possuem uma função atrelada à trituração dos alimentos. Logo, a perda de um prejudica a função mastigatória geral. A comida que não é bem triturada dificulta a absorção dos nutrientes pelo estômago, exigindo uma maior produção de suco gástrico. Como resultado, a pessoa pode sofrer dores estomacais recorrentes e gastrite.

Implante dentário deve ser feito logo após a perda do dente

O Dr. Márcio comenta que o implante dentário deve ser feito em um curto espaço de tempo após a perda do dente.  “Caso isso não ocorra, o organismo vai perdendo também osso, que vai sendo reabsorvido pelo estímulo da mastigação. Após alguns anos, isso pode impossibilitar a instalação de um implante ou criar uma dificuldade maior”. Quando isso acontece, o dentista afirma que o paciente pode precisar de um enxerto ósseo, para só depois fazer o implante. “ O ideal é assim que perder repor o dente imediatamente, se possível. Postergar muito pode causar problemas, alguns até irreversíveis”.

Segundo o Dr. Marcos, antes do procedimento, é necessário a realização de uma série de exames para avaliar a saúde bucal do paciente. “Também é preciso fazer uma consulta de posse destes exames com um cardiologista para obter o risco cirúrgico. Embora seja uma cirurgia muito tranquila, todos os protocolos devem ser cumpridos”, comenta.

Como é feito o implante dentário?

O implante dentário é feito com anestesia local. O dentista faz um corte na gengiva e, em seguida, um pequeno furo no osso maxilar para encaixar o pino. Normalmente, o parafuso é feito de titânio, um metal muito resistente que garante uma boa sustentação da prótese. Por fim, é feita a colocação do dente artificial, que pode ser de resina ou porcelana. “A instalação de implante também pode ser feita por uma técnica guiada, com praticamente sem nenhuma incisão. Isso leva a um pós-operatório bem mais tranquilo”, complementa o Dr. Márcio. 

Após realizar o implante, o paciente deve fazer repouso e evitar mastigar alimento sólidos. Por isso, os dentistas sugerem uma dieta líquida-pastosa, aplicar uma compressa de gelo na bochecha, não fazer nenhum exercício físico ou se expor ao sol. “Estas recomendações são durante uma semana, após este período o paciente já está apto a fazer atividade física e volta a uma vida normal”. 

Quem possui um implante dentário também deve reforçar nos cuidados com a saúde bucal. Isso significa uma boa higienização diária com uso de fio dental. Por fim, o Dr. Márcio reforça a importância de fazer consultas regulares ao dentista.


Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: implante dentário