17.01.2022

Placa de bruxismo feita de acrílico é melhor do que a de silicone?

A placa de bruxismo não deixa que seus dentes se desgastem. Saiba mais
A placa de bruxismo não deixa que seus dentes se desgastem. Saiba mais

A placa de bruxismo é uma ferramenta essencial para quem sofre com o problema, já que é indicada para prevenir o desgaste dos dentes durante o sono. Isso porque os pacientes com bruxismo rangem ou apertam os dentes inconscientemente à noite, causando danos  que podem ir de fissuras a quebra das unidades dentais. Também conhecido como placa miorrelaxante, o acessório é uma ótima opção para amenizar os sintomas do distúrbio do sono, como dor e tensão na mandíbula, boca e cabeça ao acordar, além de evitar o desgaste dos dentes. No mercado, é possível encontrar dois tipos de placas de bruxismo: de acrílico e de silicone. Quer saber qual é a mais indicada para reduzir os efeitos do bruxismo? Conversamos com a dentista Edilaine Gomes para entender mais sobre o bruxismo e a função das placas.

O que é e como a placa de bruxismo ajuda no tratamento?

Dentre os diversos fatores para o surgimento do bruxismo, os mais comuns são estresse, ansiedade e nervosismo. “O bruxismo é uma atividade oral caracterizada pelo ranger ou o apertar dos dentes durante o sono”, explica a dentista. Esse ato involuntário pode prejudicar a saúde bucal e causar dor de dente, lesões orofaciais e periodontais, dor muscular e distúrbios da articulação temporomandibular (DTM). A placa de mordida ou miorrelaxante é um dispositivo móvel que garante menos risco do desenvolvimento de problemas de extrusões, migrações dentárias e mordida aberta anterior. “A maior função das placas é a de proteger os desgastes dos dentes”, comenta.

Placa de bruxismo de acrílico ou silicone: quais as diferenças?

Para ajudar no tratamento de bruxismo, há dois tipos de placas de mordida: a de acrílico e a de silicone. Por ser mais rígida, a de acrílico protege os dentes e são mais eficientes na desprogramação da ação neuromuscular. Segundo dra. Edilaine Gomes, a placa resiliente (de silicone) são contraindicadas para o tratamento do bruxismo. "As Placas de silicone não possibilitam os  ajustes necessários além de existirem trabalhos que mostram que elas aumentam mais a atividade muscular durante o uso quando comparados com as de acrílico", explica. 

Placa de bruxismo é recomendada para todos os pacientes com o distúrbio?

O bruxismo não tem cura, mas existem meios de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar do paciente. “Nem todos os pacientes com bruxismo têm indicação para o uso de placa”, conta a dentista. Apesar da placa de bruxismo ser um dos acessórios mais indicados para contribuir para o tratamento, também há outras formas de aliviar o problema, como terapia psicológica, fisioterapia e reestabilização da ordem dos dentes - em quadros de desequilíbrio oclusal. É importante não começar um tratamento por conta própria. Caso sofra com bruxismo, o uso da placa de mordida deve ser iniciado apenas após análise e indicação de médico especialista.  

Participou dessa matéria:

Edilaine Gomes
CRO/ES 3944
Especialista em ortodontia, DTM e dor orofacial e harmonização orofacial; Professora auxiliar de curso de especialização em ortodontia por 4 anos (2013-2017).

Redação: Carolina Gandra


Tags:

saúde bucal bruxismo

Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal