23.06.2021

Piercing dental pode causar danos aos dentes?

Saiba como o piercing dental pode influenciar na saúde dos seus dentes e os cuidados necessários com o uso do acessório
Saiba como o piercing dental pode influenciar na saúde dos seus dentes e os cuidados necessários com o uso do acessório

Se engana quem pensa que o piercing dental não pode prejudicar a sua saúde bucal. Embora o acessório seja considerado inofensivo, ele pode servir como porta de entrada para o acúmulo de placa bacteriana e resultar em diversos problemas nos dentes. Por isso, antes de optar pelo piercing no dente, é importante analisar os prós e contras do item e os cuidados necessários durante o seu uso. Pensando em esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, conversamos com a dentista Uila Ramos. Confira!

Piercing no dente: como é feito?

Diferente dos outros tipos de piercings, o modelo colocado nos dentes não é um procedimento tão invasivo. “O piercing dental é colado no dente através de métodos que condicionam a superfície dental e promovem a sua adesão com o uso de resina”, explica a dentista. Sendo assim, o piercing utilizado nos dentes não requer o desgaste da superfície dentária.

No entanto, é importante ressaltar que, embora não influencie diretamente com a estrutura dos dentes, o piercing dental exige algumas modificações na camada do esmalte dentário para sua colocação - o que deve ser feito com agentes ácidos. Geralmente, o acessório possui uma durabilidade média de três meses.

Afinal, o piercing dental pode prejudicar a saúde dos dentes?

Ainda que o piercing no dente possa trazer um charme para o seu sorriso, é importante ficar atento aos prejuízos causados pelo acessório. “Se o paciente não tiver uma boa higiene bucal, a superfície ao redor do piercing poderá servir de substrato para o acúmulo de placa bacteriana, a qual expõe ao risco de desenvolver cárie nos dentes”, alerta a profissional.

Além disso, o piercing dental também pode favorecer as fraturas nos dentes e o desgaste no esmalte dentário durante a sua remoção. “Ou seja: mesmo com todos os cuidados higiênicos, não é possível manter um sorriso totalmente saudável com o piercing dental”, afirma a Dra. Uila.

Lembre-se: o uso do piercing nos dentes requer cuidados redobrados com a higiene bucal

Se ainda assim você decidir optar pelo piercing dental, saiba que é preciso ter um cuidado extra com a rotina de higiene bucal. Isso porque essa é a principal forma de prevenir o acúmulo de placa bacteriana na região e evitar uma série de doenças bucais. "O uso do fio dental e a escovação após as refeições removem os restos alimentares e a ação química do creme dental, que contém flúor, remineraliza o esmalte dental”, conta a especialista. Além disso, o paciente deve incluir na sua agenda as visitas ao dentista para prevenção de doenças bucais. Dessa forma, é possível realizar a limpeza dos dentes e acompanhar a saúde gengival e dos dentes.

Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-Dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife

CRO-PE: 10.380


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal