25.11.2020

O que não se deve fazer depois de arrancar o siso? 5 coisas para evitar ao extrair o dente

Dentista explica o que deve ser evitado no pós-operatório do dente siso
Dentista explica o que deve ser evitado no pós-operatório do dente siso

A cirurgia do dente siso até hoje é muito questionado pelos pacientes. Além do procedimento amedrontar algumas pessoas, os cuidados após a operação ainda gera muitas dúvidas do que pode e o que não deve ser feito depois da remoção do dente. Para que tudo fique bem esclarecido sobre este assunto, o Sorrisologia conversou com a dentista Sandra Regina, que listou 5 coisas que não podem ser feitas quando o siso é extraído. 

Siso: em quais casos o dente deve ser extraído?

Hoje em dia, muitas pessoas não estão nascendo com o dente siso e existe um motivo para a ausência desse elemento dental: os especialistas dizem que faz parte da evolução humana e que nos próximos anos, esse dente não fará mais parte da arcada dentária. Mas se o seu siso apareceu, é importante ficar de olho para saber se precisa extraí-lo. A dentista revela os principais motivos dessa remoção: "Em casos causados por pericoronarite, ortodontia ou ortopedia facial, cárie, lesões como cisto ontogênico, alterações periodontais", recomendou.

5 coisas para não fazer quando se arranca o siso:

Se você precisa extrair o siso, além dos medicamentos a serem tomados e da higiene bucal específica, também é importante entender aqueles hábitos que precisam ser evitados por alguns dias após a cirurgia. Eles são fundamentais para que o paciente tenha uma boa recuperação, cicatrização da gengiva e remova os pontos o quanto antes. Sandra Regina listou os principais:

1. Comer alimentos duros ou quentes demais

Nos primeiros dias o tipo de alimentação conta muito para a recuperação do paciente recém-operado. Para isso, a especialista recomenda: "A dieta deve ser líquida e pastosa, sempre do morno para o frio para não provocar vaso dilatação por fazer compressa fria no local". Algumas opções de cardápio são sopas, purês, sucos e vitaminas bem nutritivas. 

2. Não pode fazer atividades físicas, como academia

Se você está pensando em malhar ou fazer algum tipo de exercício após tirar o siso, é melhor cancelar! A dentista avisa: "Evitar esforço físico por um período médio de três a cinco dias é essencial para evitar hemorragia e edema. Também é fundamental dormir com a cabeça um pouco mais elevada do que de costume. 

3. Melhor não sair para trabalhar

Por mais que você tenha muito serviço, é importante priorizar a sua saúde bucal! "O paciente deve evitar falar muito, ficar exposto ao sol ou fazer esforço físico. Se for um trabalho tranquilo e remoto pode, mas o ideal é repousar sempre", alerta.

4. Evitar fazer bochecho e cuspir forte para não arrebentar os pontos;

5. Ficar sem tomar os medicamentos prescrito de forma correta. Caso isso aconteça o local do dente extraído pode ficar dolorido, inchado e até mesmo infeccionado.

Esse artigo contou com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres - Cirurgiã-dentista e especialista em traumatologia
São Paulo - SP
CRO-SP: 113237


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal