24.02.2021

Nasceu um dente no céu da boca: o que fazer agora?

Notou um dente no céu da boca? Saiba os motivos por trás dessa condição e como tratá-la!
Notou um dente no céu da boca? Saiba os motivos por trás dessa condição e como tratá-la!

O nascimento de dentes no céu da boca é uma das anomalias bucais que mais assusta os pacientes. Embora seja considerado bastante inusitado, o quadro costuma ocorrer com uma certa regularidade e pode gerar diversos problemas, como alteração na arcada dentária, mordida errada, entre outros. Mas o que será que causa o surgimento de um dente no céu da boca? Para desvendar esse e outros mistérios sobre o assunto, o time de Sorrisologia conversou com a dentista Ana Elisa da Silva que esclareceu os motivos por trás dessa condição e como tratá-la.

Dente no céu da boca: quais as causas dessa anomalia bucal?

Ainda que seja uma condição recorrente, um dente no céu da boca não deve ser considerado um quadro normal. Na verdade, existe uma série de fatores que podem resultar nessa anomalia que pode trazer uma série de problemas a sua saúde bucal. “Pode ser um dente extranumerário ou uma condição causada pela falta de espaço na arcada dentária, resultado do apinhamento dental”, revela Ana Elisa. Além disso, em alguns casos, o dente no céu da boca pode surgir devido a alterações genéticas que costumam não ser controladas, o que exige um diagnóstico através de radiografias para garantir um tratamento precoce.

Dente no céu da boca pode ser sinônimo de problemas bucais

Como falamos anteriormente, ainda que pareça inofensivo, um dente no céu da boca pode acarretar prejuízos para a estética do seu sorriso e, principalmente, para sua saúde bucal. Veja alguns deles abaixo:

- Má higiene bucal: a escovação é um hábito fundamental para garantir a saúde bucal. No entanto, quando existem sinais de dente no céu da boca, o cuidado deve ser redobrado. Isso porque é mais difícil realizar a limpeza desses dentes, o que pode favorecer o surgimento de algumas doenças, como cárie e gengivite;

- Problemas na fala: o posicionamento dos dentes é um fator que afeta a pronúncia e comunicação do paciente. Por esse motivo, essa condição pode provocar alterações na fala que só são corrigidas após o reposicionamento ou remoção do dente;

- Dificuldade na alimentação: dentes extras podem causar um desequilíbrio em funções básicas, especialmente na mastigação, trazendo desconforto e dores para o paciente;

- Mordida cruzada: a presença de dentes extras, incluindo os que nascem no céu da boca, é uma das principais causas da mordida cruzada;

Nasceu um dente no céu da boca: extrair é a solução?

Segundo a especialista, o tratamento para dentes no céu da boca pode variar de acordo com o tipo de elemento dentário que está deslocado. Por isso, nem sempre a extração do dente é a melhor solução. “Se é um dente da dentição normal, ele pode ser reposicionado. No entanto, se for um dente extranumerário, a extração é o procedimento mais indicado”, afirma. Por isso, ao notar o surgimento da anomalia é recomendado consultar um ortodontista de confiança para garantir o diagnóstico e o tratamento mais adequado para o seu quadro.

Esse artigo contou com a participação de:

Ana Elisa da Silva
CRO-RS: 13490
Mestre em Clínica Odontológica
Especialista em Periodontia. Capacitada para o atendimento da Halitose (Mau Hálito)
Habilitada em Laserterapia e Profissional Indicada Pela ABHA (Associação Brasileira de Halitose).


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal