11.11.2020

Ir ao dentista ou ficar em casa? Saiba quando recorrer ao dentista durante a pandemia e como lidar com os problemas em casa

Gengivite, cárie, dor de dente e outros: saiba quais dessas situações exigem uma consulta imediata com dentista
Gengivite, cárie, dor de dente e outros: saiba quais dessas situações exigem uma consulta imediata com dentista

O surgimento do novo coronavírus trouxe uma série de mudanças para nossas rotinas. Entre elas, estão consultas odontológicas on-line. Isso porque, com o distanciamento social e a forma de transmissão da doença, a ideia de dividir a sala de espera com pessoas tossindo pode não ser um dos melhores cenários. Mas, o que poucos pacientes sabem é que, em alguns casos, o atendimento presencial pode ser extremamente necessário para não comprometer a sua saúde bucal. Quer saber quais são? Nós te contamos! Confira abaixo os principais motivos que pedem uma visita ao seu dentista durante a pandemia - e quais quadros podem ser resolvidos em casa.

Gengivite exige uma visita imediata ao consultório

Se engana quem pensa que aquele sangramento ao escovar os dentes não merece uma atenção redobrada. Para surpresa de alguns pacientes, esse é o primeiro sinal de inflamação na gengiva. Geralmente, é comum que essa seja a primeira fase do quadro, a gengivite, na qual só a gengiva ao redor dos dentes foi afetada, ou pode já ter progredido para a periodontite, que afeta os tecidos de suporte. Independentemente do estágio da doença, uma coisa é certa: os prejuízos na saúde bucal podem ocorrer, resultando até mesmo na perda dentária. Por isso, é recomendado buscar um dentista de confiança e dar início ao tratamento adequado. Lembre-se: quanto mais cedo a gengivite for tratada, menos danos ela trará para o seu sorriso.

Cáries e restaurações devem ser tratadas o quanto antes

Sentiu aquela dor aguda de forma espontânea durante a alimentação? É melhor ligar um sinal de alerta! Esse incômodo pode indicar uma cárie ou problemas na sua restauração. Nesses casos, o primeiro passo é se consultar com seu dentista o quanto antes. Isso porque um dente com cárie ou sem restauração pode resultar em dor, sensibilidade e até mesmo acúmulo de resíduos no interior do dente, o que pode desencadear outras complicações. Além disso, a queda da obturação pode evoluir para inflamação da polpa do dente, exigindo um tratamento de canal. Justamente por isso, o ideal é ir ao consultório odontológico para realizar a limpeza do dente e, se for o caso, renovar a restauração dental.


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal