16.11.2021

Gengiva inchada é sinal de dentes de leite nascendo? Entenda!

A gengiva inchada é um dos principais sinais do nascimento dos dentes de leite. Saiba como aliviar o incômodo com dicas de uma especialista!
A gengiva inchada é um dos principais sinais do nascimento dos dentes de leite. Saiba como aliviar o incômodo com dicas de uma especialista!

O nascimento dos dentes de leite é sempre um momento desagradável para os pequenos e até mesmo para os pais. Afinal, o surgimento dos primeiros dentinhos costuma vir acompanhado de uma série de incômodos, como irritabilidade e produção excessiva de saliva. Mas, além destes, a gengiva inchada também pode ser um indicativo de dentes de leite nascendo? Para manter os pais de primeira viagem por dentro do assunto, entrevistamos a dentista Dóris Rocha, de São Paulo, que revelou os principais sintomas do quadro e o que é bom para gengiva inchada dos bebês.

Gengiva inchada é um dos sintomas causados por dentes de leite nascendo 

Quando o assunto é o nascimento dos dentes de leite, é comum que muitos ainda tenham dúvidas sobre os sinais do quadro. Além da irritabilidade, do excesso de saliva e das alterações no sono, a gengiva inchada é outro sintoma para dente de criança nascendo. “Na maioria das vezes, o quadro é um sinal de dentes chegando em bebês entre 6 e 24 meses”, afirma Dóris. 

Em alguns casos, a gengiva inchada pode formar um cisto local, resultando no aspecto arroxeado semelhante ao de um hematoma. “É uma lesão benigna e que desaparece quando o dente rompe o tecido gengival”, conta a dentista. Ainda assim, é importante consultar um odontopediatra para se certificar de que não há lesões ou machucados na região. 

Gengiva inchada: bebê pode se sentir mais confortável com algumas medidas simples

De acordo com a especialista, existem alguns cuidados que podem ajudar a aliviar o incômodo causado pela gengiva inchada. No entanto, eles podem variar de acordo com a idade e o tipo de alimentação da criança. “Geralmente, nos primeiros dentes de leite, a própria amamentação já alivia o quadro”, conta Dóris.

Mas, quando já ocorre o consumo de outros alimentos, estimular a mastigação pode garantir o conforto do bebê. “Os dentistas recomendam oferecer frutas frescas ou geladas, assim, a criança conhece diferentes texturas e sabores, favorecendo também o aprendizado da mastigação”, afirma a especialista.

O uso de picolé de leite materno e chá de camomila gelado também podem diminuir o desconforto causado pela gengiva inchada. “É preciso ter criatividade na escolha dos alimentos e optar sempre por produtos naturais, evitando açúcar até os dois anos de idade”, alerta. Além disso, vale investir em mordedores durante a fase do nascimento dos dentes de leite. No entanto, é importante se certificar de que o produto é seguro e atóxico.

Os cuidados necessários para manter a gengiva e os dentes de leite saudáveis 

Passado o momento de nascimento dos dentes de leite, chegou a hora de descobrir como mantê-los saudáveis. Nesse caso, a dentista adianta: é preciso manter uma boa rotina de escovação. “A partir da chegada do primeiro dente de leite, os pais devem iniciar a higiene oral diária. Os bebês devem escovar os dentes após a primeira refeição da manhã e a última refeição da noite”, revela.

Para evitar quaisquer desconfortos, vale apostar em uma massagem local no momento da escovação.  Além disso, o ideal é consultar um odontopediatra assim que os dentes de leite nascerem. Dessa forma, é possível receber as recomendações e medidas certas para cuidar da saúde bucal do seu pequeno. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dóris Rocha Ruiz - Especialista em odontopediatria e mestre em Ciências pela disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Medicina da UNIFESP. Membro do Grupo de Saúde Oral da Sociedade de Pediatria de São Paulo e consultora da Global Child Dental Fund (UK).
CRO-SP: 38458


Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: dente de leite