08.04.2021

Estresse pode causar bruxismo?

O bruxismo é uma disfunsão que pode ser causada por diversos fatores. Mas será que o estresse é um deles? Veja o que diz uma especialista!
O bruxismo é uma disfunsão que pode ser causada por diversos fatores. Mas será que o estresse é um deles? Veja o que diz uma especialista!

O bruxismo é uma doença involuntária que se caracteriza pelo ato de ranger ou apertar os dentes. Comum em crianças e adultos, a condição pode se manifestar em qualquer período do dia, incluindo pela manhã - o que faz com que alguns pacientes desenvolvam o que é chamado de bruxismo acordado. Embora seja bastante conhecido entre os pacientes, o quadro ainda gera dúvidas em relação às suas principais causas. O estresse, por exemplo, pode ser um fator de risco para o bruxismo? Para esclarecer essa dúvida, o Sorrisologia conversou com a dentista Rhianna Barreto que revelou as principais causas desse problema.

As principais causas do bruxismo

De maneira geral, o bruxismo é considerado um distúrbio de causa multifatorial. “Não é possível indicar apenas uma causa para a condição e, sim, um conjunto de fatores que levam o paciente a desenvolver o bruxismo”, explica a Dra. Rhianna. Ainda assim, existem alguns quadros que podem funcionar como gatilho para o ato de ranger e apertar os dentes. Problemas de oclusão, por exemplo, é o principal deles, já que comprometem a mordida e o encaixe correto dos dentes favorecendo a disfunção. Além disso, outros fatores como apneia do sono e refluxos estomacais também podem resultar em bruxismo.

É verdade que o estresse pode causar bruxismo?

Sim. De acordo com a dentista, o estresse é um dos fatores que influencia diretamente no quadro de bruxismo, podendo até mesmo piorar o hábito de ranger ou apertar os dentes. “Por ser um distúrbio do sistema nervoso central, situações de estresse e ansiedade podem ser uma das causas para a condição”, afirma. Devido aos mecanismos centrais estimulados pelo estresse, ocorre uma contração excessiva dos músculos da face, o que é mantido por um longo período resultando no bruxismo.

Bruxismo pode causar fraturas dentárias e outros problemas bucais

Se engana quem pensa que o bruxismo é uma doença inofensiva. Quando não tratado, o quadro pode trazer uma série de consequências a sua saúde bucal. “Dentre elas, estão o desgaste dos dentes, sensibilidade, fraturas dentárias, abfrações, DTM e dor muscular”, conta a profissional. Além disso, o bruxismo também pode provocar entortamento da arcada dentária, já que a atividade parafuncional costuma ocasionar o estreitamento dos dentes que favorece mudanças na posição de alguns elementos.

Tratamento de bruxismo: saiba o que fazer para amenizar o quadro

Antes de iniciar qualquer tipo de tratamento para o bruxismo, é importante identificar os principais fatores desencadeantes do quadro e, assim, incluir algumas medidas para minimizar a condição. “A utilização de placa oclusal e toxina botulínica podem ser indicados em alguns casos”, revela a especialista.

No entanto, vale ressaltar que o tratamento deve ser feito em conjunto com profissionais habilitados no controle do estresse e da ansiedade. Além disso, estimular a prática de atividade física, boa alimentação e atividades que ajudem no controle da saúde mental, como meditação e yoga, também podem ajudar a tratar o bruxismo.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Rhianna Barreto - Cirurgiã-Dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 37448


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal