Sensibilidade nos dentes: é possível tratar o problema em casa?
Para evitar ou amenizar a sensibilidade nos dentes, é importante usar uma escova de cerdas macias e não fazer muita força durante a escovação
Para evitar ou amenizar a sensibilidade nos dentes, é importante usar uma escova de cerdas macias e não fazer muita força durante a escovação

Publicador de Conteúdos e Mídias

É possível tratar sensibilidade nos dentes em casa?

Para tratar sensibilidade nos dentes em casa, é importante evitar alimentos muito ácidos ou gelados, bem como escovar os dentes com pastas e enxaguantes bucais fluorados (apropriados para dentes sensíveis)

08/04/2022

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

A sensibilidade nos dentes é um problema que pode ser causado por uma série de fatores: má higiene bucal, cáries, fraturas, rotina de alimentação inadequada ou até mesmo pela falta de cuidados após certos procedimentos odontológicos (como clareamento dental). Consultar um profissional especializado é fundamental para resolver o problema. Mas, você sabia que tem como tratar a sensibilidade dentária em casa? Para saber mais sobre o assunto, o Sorrisologia conversou com a dentista Sônia Groisman, que deu dicas de como amenizar a sensibilidade nos dentes com práticas simples no dia a dia.  

É possível tratar sensibilidade nos dentes em casa?

De acordo com a dentista Sônia Groisman, tratar sensibilidade dentária em casa não só é possível, como também necessário para que o problema se resolva no longo prazo. “Evitar ou minimizar a sensibilidade dentária em casa é possível com a conscientização de evitar alimentos ácidos e gelados e com a prática de autocuidados”, afirma a especialista. Para quem tem dentes sensíveis, é importante seguir as recomendações do dentista, principalmente nos quesitos de alimentação e rotina de higiene bucal.

Sensibilidade nos dentes: como aliviar sintomas com práticas diárias

Para fortalecer os dentes sensíveis e amenizar a dor, é possível recorrer a diferentes recursos odontológicos: aplicação tópica de flúor, uso de selantes dentários (responsáveis por cobrir e proteger os dentes), aplicação de enxaguantes bucais fluoretados e até a sessões com laser. Esses tratamentos devem ser feitos com um dentista, mas sempre é possível otimizar o processo de recuperação com alguns hábitos caseiros. Confira as dicas da Dra. Groisman:

1. Use uma escova com cerdas macias

Recorrer a produtos de higiene bucal apropriados é uma dica imprescindível para tratar dentes sensíveis. De acordo com a dentista, existem cremes e enxaguantes bucais, por exemplo, que contêm substâncias capazes de amenizar a sensibilidade nos dentes. “Usando escova macia, escovando os dentes suavemente em vez de forçar, e usando dentifrícios (tipos de pastas dentais) apropriados para diminuir a sensibilidade dentinária. Nos casos de sensibilidade dentinária, também são indicados colutórios à base de fluoretos sem álcool (antissépticos bucais)”, recomenda a profissional.

2. Evite escovar os dentes logo após a refeição

Você sabia que, após fazer uma refeição, o ideal é esperar ao menos 30 minutos para escovar os dentes? De acordo com a Dra. Groisman, no caso de quem tem sensibilidade dentária, esse cuidado é ainda mais importante. “Outro hábito que ajuda a evitar o desgaste dentário (que, por sua vez, aumenta a sensibilidade) é não escovar os dentes imediatamente após a refeição”, orienta. Isso porque os alimentos, principalmente os mais ácidos, tendem a afetar o pH da boca, o que aumenta as chances de proliferação de bactérias. É necessário esperar alguns minutos para que a saliva neutralize os ácidos e, assim, proteja os dentes. Caso você faça a escovação antes desse processo ocorrer, é possível que as substâncias ácidas fiquem espalhadas pelos dentes, o que aumenta a sensibilidade. 

3. Faça restrições alimentares

Evitar determinados tipos de alimentos também é importante para tratar a sensibilidade nos dentes. A Dra. Groisman destaca que o nível de acidez e a temperatura da comida são os pontos que mais demandam atenção: “Depende da idade do paciente e do seu grupo social. Esportistas, por exemplo, devem evitar bebidas energéticas, pois são muito erosivas. O consumo de sorvetes também deve ser minimizado, ou de qualquer alimento muito gelado, pois eles afetam os canalículos dentinários, causando uma maior sensibilidade dentária. Alguns indivíduos gostam de chupar limão para depois ingerir uma bebida alcoólica. Esse hábito também deve ser evitado, pois o limão é extremamente erosivo”, finaliza a especialista.

Redação: Carolina Damasceno

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias