Extração do dente do siso: Indicações e Cuidados
O seu dente siso nasceu e não causa nenhum incômodo. Será que mesmo assim você deve tirar?
O seu dente siso nasceu e não causa nenhum incômodo. Será que mesmo assim você deve tirar?

Publicador de Conteúdos e Mídias

Quando deve extrair meu dente do siso?

Descubra as indicações para a extração do dente do siso e como se preparar para o procedimento. Consulte um dentista para obter orientações. 

19/08/2020

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Um fato inegável é que o dente do siso pode causar uma grande preocupação, mesmo antes de seu nascimento completo. 

Muitas vezes, ouvimos relatos de pessoas que passaram pela cirurgia e compartilham suas experiências, tanto no pré quanto no pós-operatório, mas é importante destacar que nem sempre a extração do dente do siso é necessária.

Para esclarecer o assunto, o Sorrisologia entrevistou a cirurgiã-dentista Daniel Machado que revelou a ocasião certa que o dente siso deve ser extraído. 

 

Raio-X do dente do Siso

Dente do siso, também conhecido como terceiro molar, dente serotino ou dente do juízo, é o último conjunto de dentes a se formar na arcada dentária, composto por dois na parte superior e dois na inferior. 

Normalmente, eles começam a surgir entre os 15 e 25 anos de idade. 

No entanto, em alguns casos, esses dentes podem não encontrar espaço suficiente para crescer adequadamente, o que pode levar a problemas odontológicos, como:

  • Sobreposição ou deslocamento de outros dentes;
  • Desenvolvimento de cáries;
  • Infecções, como a pericoronarite;
  • Dores devido à compressão de feixes nervosos.

 

Quem realmente precisa extrair o dente do siso? 

A cirurgiã-dentista e colaboradora do portal Sorrisologia, Daniele Machado, esclarece que, devido à evolução humana, algumas pessoas podem não desenvolver mais esse dente. 

Ela acrescenta que, se o dente do siso estiver bem posicionado e não causar nenhuma alteração ou desconforto, pode permanecer na boca sem problemas.

No entanto, a extração do dente do siso pode ser recomendada nas seguintes situações:

  • Quando o dente do siso atrapalha o alinhamento dos demais dentes, causando mau posicionamento ou compressão dos outros dentes.
  • Quando ocorre lesão no segundo molar devido à mordida frequente na bochecha.
  • Quando o dente do siso está associado a cistos ou outras lesões bucais.

É importante lembrar que, mesmo que o dente do siso não tenha aparecido completamente na boca, é essencial manter uma higiene bucal rigorosa. 

Essa área é de difícil acesso para a escovação diária, o que pode resultar no acúmulo de resíduos alimentares e, consequentemente, na proliferação de bactérias. 

 

Para manter a saúde bucal em dia, siga estas dicas:

 

  • Escove os dentes após cada refeição.
  • Use uma escova de dentes com cabeça pequena para alcançar o dente do siso.
  • Utilize um fio dental com haste para limpar o espaço entre o dente do siso e os outros dentes.
  • Faça bochechos com um enxaguante bucal para prevenir o crescimento de bactérias.

Se você conhece alguém que está enfrentando problemas com o dente do siso, compartilhe este conteúdo com ele! 

É essencial disseminar informações sobre cuidados com a saúde bucal.

 

Esse artigo contou com a participação de:

Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal Fluminense e mestranda em prótese na Faculdade São Leopoldo Mandic Campinas. Ela é uma profissional com ampla experiência no atendimento clínico, planejamento e execução de reabilitações orais e estéticas, inclusive implantes.

Artigo Atualizado em 30/11/2023

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias